23 C
Londrina

Câmara deve votar essa semana projeto sobre porte de arma

Leia também:

Homem morre em acidente entre moto e ônibus na Dez de Dezembro

Acidente aconteceu próximo ao acesso do Jardim Piza, na Zona Sul.

Pai, mãe e filho morrem em acidente na BR-101 em Jaguaré, no ES

Vítimas estavam indo passar o feriado de carnaval no litoral.

Homem traído pela mulher se pendura na rede elétrica no Centro de Londrina

Ele tentou suicídio, mas não sofreu ferimento algum.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

Projeto de Lei 3.723/19 do governo Jair Bolsonaro que trata da regulamentação da posse e do porte de armas para novas categorias, deve ser votado nesta semana na Câmara dos Deputados. Na semana passada, o plenário da Casa aprovou o regime de urgência para votação da proposta.

Atualmente, a lei só permitido o porte de armas de fogo para militares das Forças Armadas, policiais e agentes penitenciários, ou seja, apenas esses profissionais tem a permissão de andar armado fora de casa ou do local de trabalho.

O relator do projeto, deputado Alexandre Leite (DEM-SP), que acatou três das 20 emendas apresentadas à proposta, como estender o porte de arma para os oficiais de Justiça e peritos criminais. Para Leite, as mudanças na lei trarão mais segurança jurídica.

O relatório prevê ainda o porte para todos os profissionais da área de segurança, cuja atividade seja exercida com arma de fogo. Além disso, trata do porte para caçadores, colecionadores e da posse em área rural.

A idade para a posse é de 21 anos, já o porte sobe para 25 anos.

 

Assine nossa Newsletter

Receba diariamente as principais notícias do Paraná e do Brasil.

Comentários

#Face24H

- Publicidade -