SIGA O 24H

Brasil

Vídeo mostra discussão e agressão entre Neymar e a mulher que o acusa de estupro

Vídeo vazou nas internet. Polícia investiga o caso.

Publicado

em

Nas imagens, é possível perceber que a mulher aparece partindo para cima do jogador em uma cama e o acusando de tê-la violentado no dia anterior.

Antes, a suposta vítima sobe em Neymar e aparenta lhe dar tapas no rosto: “Você gosta de bater, né?”. O jogador reage dizendo: “Não, não, não… Assim, não. Dá licença.”

Então Najila pergunta a Neymar se ele lembra que a agrediu, e em seguida o ataca com tapas e objetos:

“Mas eu vou te bater, porque você me agrediu ontem, e me deixou aqui sozinha”, diz Najila, enquanto Neymar pede calma e levanta da cama para contê-la. O vídeo é interrompido sem mostrar o desfecho da cena.

O vídeo que viralizou seria de um segundo encontro entre os dois. A câmera fica em uma posição fixa que mostra apenas parte da cama.

O QUE DIZ O ADVOGADO DA MODELO

Segundo o advogado de Najla, Danilo Garcia de Andrade, o vídeo tem sete minutos no total, mas até agora só um trecho de um minuto foi divulgado. O advogado não soube explicar o que há no restante do vídeo. Disse que ainda não assistiu. Apesar de o vídeo só mostrar Najila agredindo Neymar, o advogado disse que o objetivo da sua cliente era mostrar que ela foi agredida e estuprada.

“O segundo encontro, o que ela me disse sobre o segundo encontro foi o seguinte: que ela precisava de uma prova de que aquela agressão, que aquele tapa era o Neymar que teria dado. Então ela atraiu o Neymar novamente ao quarto e gravou o Neymar naquela situação. Eu ainda não vi o vídeo de forma exaustiva. Eu vi um minuto do vídeo”, disse o advogado.

O advogado disse que Najila deve comparecer à delegacia que conduz o inquérito em São Paulo, às 11h desta sexta-feira (7).

O QUE DIZ A MODELO

Em entrevista ao SBT na noite de quarta-feira (5). Najila disse que sua intenção ao viajar para Paris era ter relações sexuais com Neymar e confirmou que passagem e hospedagem foram pagas por ele. Mas que, ao recebê-lo no hotel, Neymar estava agressivo.

Disse que mesmo assim, como ela tinha muita vontade de ficar com ele, começou a trocar carícias com Neymar, até que perguntou se ele tinha trazido preservativo, já que ela não tinha.

Segundo Najila, ele respondeu que não e ela então disse que não ia acontecer nada além do que já tinha acontecido.

Najila disse que Neymar primeiro ficou em silêncio, depois a virou e cometeu o que ela chamou de ato enquanto batia violentamente nas nádegas dela. Najila afirmou que pediu para ele parar. Ela disse que tudo foi muito rápido, questão de segundos até que ela conseguiu se retirar para o banheiro.

Em outro trecho Najila lembra que no dia seguinte Neymar mandou para ela uma foto dela machucada nas nádegas. É o trecho das mensagens divulgadas por Neymar em que ela diz que vai ter volta. E ele responde: “Vai ter volta nada hahaha”

Ela não foi questionada e não explicou como Neymar conseguiu fazer uma foto dela machucada, se ela escapou em poucos segundos para o banheiro.

Sobre o fato de ter mantido conversas amistosas com ele após o primeiro encontro, Najila disse que fez isso para que Neymar continuasse a falar com ela e assim ela pudesse provar o que ele fez com ela.

O exame de corpo de delito feito na jovem no dia em que o caso foi registrado, 31 de maio, já ficou pronto. E a única lesão detectada foi em um dos dedos das mãos da jovem. Mas a polícia de São Paulo não descarta que ela tenha sofrido alguma violência sexual.

Para ter certeza, a delegada quer ter acesso, agora, ao laudo particular feito pela mulher e depois entregá-lo para um grupo de médicos analisar o documento.

A polícia está investigando o caso.

 

Publicidade

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Brasil

Após tombar, caminhão tanque explode e mata motorista na Rodovia dos Tamoios

Acidente aconteceu pela manhã no KM 80.

Publicado

em

Foto: Divulgação / PRF

Um caminhão-tanque, que transportava 40 mil litros de combustível, tombou e explodiu na Rodovia dos Tamoios, na altura do km 80, em Caraguatatuba, litoral paulista, no fim da manhã desta segunda-feira, 18. O motorista do veículo morreu carbonizado, segundo informações do Corpo de Bombeiros. Outras duas pessoas ficaram com ferimentos leves.

Câmeras de segurança da via mostraram o momento em que o veículo tombou e pegou fogo. Aparentemente, o caminhoneiro perdeu o controle em uma curva, no momento em que descia o trecho de serra. O Corpo de Bombeiros divulgou vídeo já com as chamas se alastrando pela via. O combustível vazou na pista quando o caminhão pegou fogo.

O acidente aconteceu por volta das 11 horas da manhã. O trânsito na região ainda funciona parcialmente, de acordo com informações da Concessionária Tamoios, que administra a via.

As causas do acidente estão sendo investigadas.

Leia Mais

Brasil

Bolsonaro recebe presidente da China em Brasília e assina vários acordos

A bilateral entre os dois chefes de Estado ocorre no âmbito da 11ª Reunião de Cúpula do Brics

Publicado

em

Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro recebeu, hoje (13), o presidente da República Popular da China, Xi Jinping, no Palácio do Itamaraty, em Brasília. O líder chinês chegou às 11h10 ao prédio onde estão previstas a assinatura de atos e uma declaração conjunta à imprensa.

O encontro entre os dois chefes de Estado ocorre menos de um mês depois de o presidente Jair Bolsonaro visitar a China. Na ocasião, foram assinados acordos e memorandos de entendimento em política, ciência e tecnologia e educação, economia e comércio, energia e agricultura. Agora, os dois países querem aprofundar esse intercâmbio, a confiança política e ampliar a cooperação em diversas áreas.

A bilateral entre os dois chefes de Estado ocorre no âmbito da 11ª Reunião de Cúpula do Brics, grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. A programação do evento começa nesta tarde com o encerramento do Fórum Empresarial do Brics. Antes, Bolsonaro também se encontra, no Palácio do Planalto, com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi.

À noite, de volta a Itamaraty, o governo brasileiro oferecerá um jantar em homenagem aos líderes do bloco, e amanhã (14), também no Ministério das Relações Exteriores, acontecem as sessões plenárias e o almoço de encerramento da cúpula.

CÚPULA

Presidida pelo Brasil, a reunião do Brics tem como lema Crescimento Econômico para um Futuro Inovador. Segundo o Itamaraty, serão discutidos, prioritariamente, temas relacionados à ciência, tecnologia e inovação, economia digital, saúde e combate à corrupção e ao terrorismo. Esta é a segunda vez que Brasília sedia a conferência – a primeira vez foi em 2010. Em 2014, o Brasil também organizou a cúpula, realizada em Fortaleza.

Leia Mais

Brasil

Em Brasília, militantes do PT comemoram com cerveja, fogos e batuque

Em Curitiba, deputada Gleisi Hoffmann deu entrevista em frente à sede da PF

Publicado

em

Foto: Reprodução

Dezenas de militantes e simpatizantes do PT se reuniram em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília, para comemorar a decisão que derrubou as prisões em segunda instância, e além de beneficiar a soltura de 4,7 mil condenados, também beneficia a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro pela Justiça Federal do Paraná.

Preso desde 2018, Lula da Silva recorreu várias vezes à justiça alegando inocência, mas não obteve êxito e foi preso em abril de 2018 após ter sido condenado em segunda instância, pelo Tribunal Regional Federal (TRF-4) no Rio Grande do Sul. Desde então, um acampamento se formou nos arredores do bairro Santa Cândida, em Curitiba, de militantes petistas pedindo a soltura do ex-presidente.

FESTA

Após a mudança de entendimento do STF na noite desta quinta-feira (07), fogos de artifício e batuques tomaram conta da praça em frente ao STF. A festa também teve a presença de vendedores de cerveja e espetinhos, além de tendas da CUT.

Lideranças do PT também se fizeram presentes e concederam entrevistas. O ex-ministro e atual deputado Alexandre Padilha (PT/SP) publicou um vídeo nas redes sociais em que mostra a manifestação:

A deputada paranaense e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, também se pronunciou. Ela concedeu entrevista em frente à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, e contou que pedirá a liberdade imediata do ex-presidente na manhã desta sexta-feira (08).

Mais imagens da manifestação em Brasília:

Leia Mais
Publicidade

Curta o 24Horas