fbpx

Confira as atrações do último final de semana do FILO 2019

Festival Internacional de Londrina tem atrações para todas as idades.

Inaugurando o último final de semana de FILO, na sexta-feira (30), tem o monólogo com o londrinense Murilo Andrade, “Poéticas de Terra e Céu”, às 20h, na Divisão de Artes Cênicas. Na trama, as aventuras e desventuras de uma criança que olha o mundo com o olhar da imaginação. Esse menino que se mistura ao homem feito, confundindo memória de leituras e vivências, reinventando o mundo a partir de um olhar poético que acende a imaginação e faz do passado uma invenção do presente.

Ainda na sexta-feira, às 19h30, tem a Companhia Circo Rodado, de Curitiba, no Centro Cultural SESI/AML.  Um trio de palhaços que tem que dar conta das atrações de um circo inteiro. Em “Reprises Pareadas”, a Cia. Circo Rodado desenvolve uma curiosa  pesquisa sobre reprises, gags e as tradicionais entradas circenses populares. Os integrantes são oriundos de diferentes escolas circenses e desenvolvem trabalhos diversos se apresentando em ruas, praças, salas, lonas e teatros, valorizando sempre a interatividade e ainda desenvolvem trabalhos como palhaços em hospitais. Ingresso gratuito, basta retirar a entrada no local, meia-hora antes do inicio do espetáculo (lotação limitada, por ordem de chegada).

No sábado (31), a Escola Municipal de Teatro volta à programação do FILO, com o espetáculo “Procure a Menina com o Sol em Seus Olhos”, no Museu Histórico de Londrina (gratuito, com lotação limitada), às 16h.  O prédio da antiga estação ferroviária de Londrina guarda histórias malucas e por sua plataforma multicultural já passou gente de todo o tipo, falando mil línguas, vestida de todo o jeito no mais de meio século em que seus trilhos conectaram Londrina ao mundo. Personagens fugidos da memória de Kelly, a personagem cuja trajetória conduz  o espetáculo. Uma mulher que está perdendo a memória, que acredita que toda sua vida está numa gaveta, onde guarda suas lembranças e onde vivem os personagens folclóricos da cidade. Mas um dia, as suas lembranças começam a se apagar ainda mais e os personagens resolvem fugir e se espalham pela cidade. Personagens e plateia fazem juntos um passeio pela memória viva de Londrina– a memória das histórias e dos personagens de uma comunidade multicultural.

Para encerrar a maratona do FILO 2019, chega à Cidade os italianos do Teatro Potlach com a montagem multimídia “Vinte Mil Léguas Submarinas”, no sábado (31), às 20h30, no Teatro Ouro Verde. Atores e um cenário digital  na releitura das aventuras do capital Nemo e o seu submarino Náutilus que encantaram gerações. No domingo (01 de setembro),  último dia do FILO, serão duas sessões do espetáculo, uma às 16h e outra às 20h30, no Teatro Ouro Verde.

Desde que a história surgiu, em 1869, ainda em forma de folhetim nas páginas de um magazine parisiense, “Vinte Mil Léguas Submarinas” vem se prestando a incontáveis adaptações – do cinema à TV, dos quadrinhos à animação, pioneiro num gênero que ainda viria a se chamar “ficção científica”. Pelas mãos do grupo italiano, os efeitos de imagens visionárias sugeridas pelas páginas do livro são reconstruídos a partir da união de narrativas próprias do teatro dramático com as técnicas de cenografia digital.

Assessoria

Leia também

Botão Voltar ao topo
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar