SIGA O 24H

Economia

Governo vai privatizar Aeroporto de Londrina

Terminal está na lista publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial da União

Publicado

em

LONDRINA – O Aeroporto Governador José Richa, em Londrina, deve ser privatizado pelo Governo Federal. O terminal consta na lista publicada pelo Diário Oficial da União nesta segunda-feira (18).

Além de Londrina, outros aeroportos paranaenses estão na lista de privatizações: Afonso Pena, em São José dos Pinhais (Grande Curitiba) e o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu, no oeste. No total, 12 aeroportos na região sul constam no edital, e ao todo, 22 aeroportos integram a intenção de privatizações do governo.

Após a publicação do edital, é dado o pontapé inicial aos estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental. Eles é que devem subsidiar o modelo de concessão que será usado nas privatizações, que segundo o edital, são chamados de expansão, exploração e manutenção dos aeroportos. O edital ainda vai definir valores por casa bloco e a expectativa de investimentos.

O valor máximo a ser pago por projetos, levantamentos, investigações e estudos técnicos para subsidiar o governo federal é de R$ 34.369.576 pelo lote da região sul do Brasil.

A privatização do aeroporto de Londrina chegou a ser defendida pelo governador Ratinho Júnior, que alegou que a mudança vai modernizar os terminais. A previsão é que o leilão aconteça em agosto de 2020.

A Companhia de Desenvolvimento Econômico de Londrina (Codel) não se manifestou sobre o assunto, e disse que não existe nada concreto até o momento. Uma reunião será marcada para discutir o assunto na Empresa de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) em Brasília.

Publicidade
Publicidade

Curta o 24Horas

EM 24HORAS >