Complexo industrial da J.Macedo em Londrina terá investimento de R$ 500 milhões

Doação de terreno para nova planta foi autorizada pela Câmara.

Leia também:

Governo do Paraná decide manter comércio fechado por mais dez dias

Cidades do Oeste foram na contramão das decisões do governador.

Estados Unidos aprovam tratamento promissor contra o coronavírus

Tratamento usará sangue de quem já foi curado da doença.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas

A Câmara Municipal de Londrina (CML) aprovou em primeiro turno, a doação de um terreno de 376 mil metros quadrados e avaliado em R$ 20 milhões para a J.Macedo, indústria alimentícia dona de marcas como Dona Benta e Sol.

A empresa anunciou neste ano o investimento de R$ 500 milhões para um novo complexo industrial em Londrina, com um moinho de trigo, fábrica de macarrão e laboratório de estudos do trigo. 1500 novos empregos devem ser gerados.

O terreno fica localizado na Avenida Saul Elkind, na Zona Norte, ao lado de onde ficará instalada a Cidade Industrial de Londrina (CILON), na Gleba Jacutinga.

LEIA MAIS:
J.Macedo anuncia novo complexo industrial em Londrina

Atualmente, a J.Macedo concentra suas operações em Londrina na unidade localizada na Avenida Tiradentes, na Zona Oeste. O novo complexo, três vezes maior que o atual, deve absorver as atividades do local, que será desativado por não ter espaço para a produção de alimentos. A J.Macedo pretende produzir macarrão, biscoitos e outros produtos derivados do trigo na nova planta industrial.

Em entrevista ao jornal Folha de Londrina, o presidente da Codel (Instituto de Desenvolvimento de Londrina), Bruno Ubiratan, informou que desde maio a prefeitura negocia com a empresa a doação do terreno. “Milhares de empregos serão gerados na cidade com a J.Macedo, mais a Cidade Industrial”.

Ainda está prevista a duplicação da Avenida Saul Elkind até a PR-445 para atender a demanda de produção – que deve aumentar em dez vezes. As obras financiadas pelo Governo do Paraná serão iniciadas no ano que vem.

No total, serão 80 mil metros quadrados de área construída. Os trabalhos de construção da nova planta deverão ser iniciadas em até 18 meses e finalizadas em um prazo máximo de 20 anos, conforme estabelece a lei municipal. A J.Macedo prevê a construção de cinco complexos industriais com a geração de 1500 novos empregos – atualmente, 200 trabalhadores são empregados pela companhia no Moinho Dona Benta.

Assine nossa Newsletter

Receba diariamente as principais notícias do Paraná e do Brasil.

Comentários

#Face24H

- Publicidade -