- Publicidade -

Universidade Estadual de Londrina completa 48 anos

Leia também:

Jovem de 19 anos morre atropelado na BR-369 em Apucarana

Acidente aconteceu próximo ao monumento do boné, na entrada da cidade.

BRF abre 130 vagas de empregos em Londrina

Do total, 65 vagas serão preenchidas imediatamente.

Caravana de Natal da Coca Cola passa por Londrina e Maringá na semana que vem

Cidades recebem os caminhões enfeitados no dia 13 e 14.
Redaçãohttps://www.24horas.com.br
Reportagens da Redação 24Horas
- Publicidade -

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) completa nesta segunda-feira (07), 48 anos de reconhecimento oficial por parte do Ministério da Educação (MEC), em 1971. O aniversário será comemorado com uma programação cultural e acadêmica prevista para os meses de outubro e novembro, além de homenagens a personalidades que contribuíram para a consolidação do ensino, pesquisa e da extensão. Neste quase meio século de existência, a UEL formou aproximadamente 80 mil profissionais, ajudando a consolidar o norte do Paraná como polo de saúde, turismo e Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

A programação de aniversário teve início no domingo (6) com concerto da OSUEL, no Cine Com-Tour/UEL, a partir das 10h30. O programa mistura o teatro musical moderno do compositor alemão Jacques Offenbach com a latinidade do argentino Astor Piazzolla, com destaque para as Quatro Estações Portenhas. A regência será do maestro Alessandro Sangiorgi. A entrada é gratuita e os convites poderão ser retirados antes da apresentação.

Hoje está previsto o tradicional plantio da peroba, no bosque Perobal, localizado no Campus Universitário. A cerimônia deverá reunir autoridades, professores, servidores e alunos em memória à data de reconhecimento oficial da UEL, a partir da junção dos cursos de Letras, Filosofia, Medicina, Odontologia e Direito.

Esse ano o plantio será feito pelos alunos do 4º e 5º anos do Ensino Fundamental do Colégio de Aplicação da UEL. As crianças foram incentivadas a realizar uma redação sobre a importância da Universidade. Os autores dos três melhores textos são os convidados para realizar o plantio. A cerimônia também contará com apresentação do coro Tempos Dourados.

Calçadão da Universidade Estadual de Londrina – Foto: Agência UEL

No mesmo dia será lançada a campanha “Por que não?”, uma iniciativa de um grupo de professores e de servidores da Universidade, que pretende incentivar a comunidade interna a destinar os recursos previstos para o pagamento do Imposto de Renda para beneficiar instituições locais. O objetivo é melhorar a assistência e o trabalho voluntário realizado em Londrina.

A programação contará ainda com o I Encontro Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão da UEL, no próximo dia 23 de outubro. O evento pretende movimentar estudantes de todas as áreas em atividades acadêmicas, proporcionando a troca de informações e a integração. Fazem parte da programação o Simpósio Por Extenso; o 28º Encontro Anual de Iniciação Científica e a Mostra Anual de Atividades de Ensino.

PLANEJAMENTO

Para o reitor Sérgio Carvalho, esse aniversário é um momento importante para a comunidade refletir sobre os próximos 50 anos da Universidade e qual será o perfil no futuro próximo. “Embora a UEL seja muito respeitada, configurando-se como a quarta melhor estadual do Brasil, reconhecida na América Latina e até mundialmente, temos um desafio importante que é projetar a instituição para o futuro”, salientou.



O reitor lembrou que este ano a UEL registrou um aumento de 14% no volume de inscritos no Vestibular a partir de ações concretas como a melhoria da divulgação nas mídias sociais, realização das provas em Curitiba e Cascavel e ainda a oferta de duas novas graduações (Nutrição e Biotecnologia). “Isso tudo reflete a qualidade de ensino, a marca UEL e a pesquisa e extensão oferecidas. Trabalhamos para que este tripé seja mantido e para que se consolide cada vez mais”, enalteceu o reitor. Ele acrescentou ainda que o desafio agora é atender novas demandas da sociedade, transformando em produto o conhecimento gerado.

“Em uma sociedade moderna, onde o conhecimento é a principal moeda, estamos cumprindo esta tarefa. Focamos em todo tipo de pesquisa, mas importante frisar que algumas podem se tornar um produto. A sociedade necessita de novos medicamentos, procedimentos e processos. Cabe à Universidade ter um trabalho voltado para isso”, resumiu.

NÚMEROS

Ao longo destes 48 anos de existência, a UEL formou exatamente 79.175 profissionais em diversas áreas do conhecimento. A comunidade interna é formada por cerca de 24 mil pessoas – 4.154 servidores, entre professores e funcionários, além de 13.339 alunos de graduação e 6.020 de pós-graduação. O total de cursos de graduação ofertados é de 53. Na pós-graduação são ofertadas 66 especializações presenciais, sete EAD, 47 mestrados e 30 doutorados, além de 66 residências da área da saúde – Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Odontologia, Médica, Multiprofissional e Veterinária.

Com Agência Uel

Assine nossa Newsletter

Receba diariamente as principais notícias do Paraná e do Brasil.

Comentários

#Face24H

- Publicidade -