24 C
Londrina

Lívian Aragão reclama das dificuldades de morar nos EUA: “Não tem coxinha”

Leia também:

Policial morre em confronto durante assalto a banco em Telêmaco Borba

Bandidos estavam armados com fuzis e escopetas.

Homem traído pela mulher se pendura na rede elétrica no Centro de Londrina

Ele tentou suicídio, mas não sofreu ferimento algum.

Filha de Silvio Santos pede demissão do SBT

Nesta quinta-feira (20) a apresentadora do "Bom dia e Cia", Silvia Abravanel, filha de Silvio Santos, surpreendeu a todos com um pedido de demissão. A confusão começou quando Silvia ficou indignada com uma fake news, falando que sua equipe teria ficado dispersa no programa de segunda-feira (17), pois a apresentadora teria faltado. Na quarta-feira (19), Silvia chamou no palco, ao vivo, membros de sua equipe para justificar sua falta. 
Redaçãohttps://www.24horas.com.br
Reportagens da Redação 24Horas
- Publicidade -

A vida está difícil para Livian Aragão. Há quase um ano morando em Los Angeles, nos Estados Unidos, a filha de Renato Aragão reclamou das dificuldades de se viver no exterior em um vídeo publicado no seu canal no Youtube.

“Aqui é caro. Se for fazer a conversão, fica muito caro. Uma barrinha de cereal custa sei lá… R$ 20. A gente não está ganhando em dólar ainda… Para quem ganha é maravilhoso”, desabafou.

Lívian também falou sobre a dificuldade de adaptação à culinária local.

“Não tem coxinha, brigadeiro e pão de queijo. A alimentação não fica balanceada sem isso (risos). Aqui não tem leite condensado para fazer brigadeiro… Mas isso a gente releva”.

Ela também disse sentir falta do afeto dos brasileiros, algo não muito comum nos Estados Unidos.

“Falta a cultura do abraço. No Rio de Janeiro damos dois beijinhos, em São Paulo tem um… Mas aqui parece que estamos sempre em uma reunião. Não é que as pessoas sejam frias, mas existe uma distância. Eu sinto falta do afeto dos brasileiros”, desabafou.

Ainda sobre as desvantagens de se morar no exterior, Lívian mencionou os altos gastos com planos de saúde.

“Saúde pública custa caro. Eu estive no hospital e não me trataram de uma maneira tão boa quanto deveria e eu paguei muito caro”, relatou.

Apesar das queixas, a artista recomendou uma vivência fora do Brasil para seus seguidores:

“Super recomendo. A gente acaba valorizando nosso país e, quando a gente chega aqui, sente falta. Quando vou para o Brasil sinto falta daqui e, quando estou lá, sinto falta daqui”.

Assine nossa Newsletter

Receba diariamente as principais notícias do Paraná e do Brasil.

Comentários

#Face24H

- Publicidade -