fbpx

Morre o diretor Hector Babenco em São Paulo

O argentino vivia no Brasil desde a década de 1970 (Foto: Reprodução)
O argentino vivia no Brasil desde a década de 1970 (Foto: Reprodução)

O diretor argentino Hector Babenco, morreu na noite desta quarta-feira (13), após uma parada cardíaca. Foi internado no Hospital Sírio Libanês, desde a última terça-feira, para tratar uma sinusite.

Naturalizado brasileiro, Babenco dirigiu filmes de sucesso como “Pixote” (1981), “O Beijo da Mulher Aranha” (1985) e “Carandiru” (2003). Foi casado por seis anos com a atriz Bárbara Paz, teve um relacionamento com a também atriz Xuxa Lopes. Deixa dois netos e duas filhas.

Será sepultado nesta sexta-feira (15), no cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, localizada no estado de São Paulo.

Leia também

Botão Voltar ao topo
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar