SIGA O 24H

Entretenimento

Faustão vira assunto ao aparecer com camiseta de tigre avaliada em R$ 3 mil

Apresentador foi comentado nas redes sociais.

Publicado

em

O apresentador Fausto Silva virou assunto nas redes sociais por causa da roupa escolhida para o “Domingão do Faustão“. O apresentador usou uma camiseta azul estampada com tigres vermelhos. A escolha dele foi motivo de piadas no Twitter:

O estilo de Faustão rendeu até a criação de uma página chamada “Faustão Fashion”, no Twitter. Os internautas descobrem onde foi comprada a roupa e expõe quanto custou cada peça que o apresentador usa no programa.

Foto: Reprodução / Internet

A grife Moschino, que confecciona a camiseta de tigres vermelhos, vende a peça por US$ 798, o que corresponde a R$ 3,2 mil. A página encontrou, ainda, a mesma roupa de algodão 40% mais barata.

 

Publicidade

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Famosos

Marcão do Povo diz que não ridicularizou homem que se suicidou em Londrina

Apresentador disse que “apenas brincou como sempre faz”.

Publicado

em

Marcão do Povo durante reportagem sobre caso de Londrina - Foto: Reprodução

O apresentador Marcão do Povo, do SBT, disse nesta segunda-feira (18) que não ridicularizou o homem que cometeu suicídio após ser notícia do jornalístico Primeiro Impacto na última terça-feira (12).

Marcão estava afastado do programa desde quarta-feira (13), um dia depois de ir ao ar uma reportagem em que mostrava um homem pendurado na rede elétrica em frente ao Terminal Central de Londrina, depois de supostamente ter descoberto uma traição. Na reportagem, Marcão chama o repórter Felipe Macedo ao vivo de Londrina, que narra a história ao som de uma música cujo a letra dizia “desça daí, seu corno, desça daí”.

O homem em questão é Ailton Soares, de 38 anos. Horas depois que a reportagem foi ao ar pelo SBT, ele foi encontrado morto na casa onde morava no Jardim Acapulco, bairro da Zona Sul da cidade.

A morte de Ailton acendeu uma polêmica em torno da reportagem do SBT. A emissora foi acusada de incitar o suicídio do homem, após ridicularizá-lo em rede nacional.

ASSISTA:

Nesta segunda, o apresentador quebrou o silêncio e comentou sobre o caso, noticiado pelo 24Horas na semana passada. Ao colunista Mauricio Stycer, do UOL, Marcão se posicionou sobre o assunto: “Ele estava separado como fiquei sabendo e pegou a mulher o traindo. Tentou tirar a vida várias vezes. Até que conseguiu. Por conta da mulher, que era seu grande amor, mas o colocou para fora de casa. Agora eu tenho culpa até disso?”

O apresentador insistiu que não incentivou a prática suicida.

Veja toda a reposta na Coluna do Mauricio Stycer

Leia Mais

Entretenimento

Paranaguá e outras cidades do Paraná serão usadas como cenário para filme de Hollywood

Filme Turmoil terá gravações em Curitiba, Foz do Iguaçu, Ponta Grossa e no litoral.

Publicado

em

Paranaguá, no litoral, terá gravações na Ilha do Mel e no Porto.

Ponta Grossa será palco para a gravação de um filme americano. Assim como “Jogo do Poder”, longa de ação lançado em 2003 e dirigido por Joseph Zito, a nova produção de Hollywood terá filmagens na capital paranaense, em Foz do Iguaçu, na região Oeste, e em Paranaguá, no Litoral do estado.

A novidade é que dessa vez o gênero será de ficção-científica. Em passagem pelo Brasil, a produtora Bella Pace afirmou que alguns pontos turísticos destas cidades paranaenses serão cenário para o seu próximo filme, Turmoil, ainda sem tradução para o português.

Pace explica que as escolhas destes locais vieram quando estava finalizando a produção do terceiro filme Bill & Ted, que deve chegar aos cinemas em agosto de 2020. “Eu estava ainda no set e, conversando com Adriana Lifan, ela sugeriu de fazer algum filme que fosse gravado no Paraná”, contou a produtora.

Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa – Foto: Divulgação

“Minha mãe é brasileira. E quando eu falo que tenho descendência brasileira, as pessoas só pensam no Rio [de Janeiro], o Carnaval e São Paulo. As pessoas não conhecem as outras partes do país. Eu também não conhecia as belezas do Paraná, até a Adriana [Lifan, assessora] abrir meus olhos e me mostrar. Seria uma forma de representar minha origem e contribuir algo para o país com o meu trabalho”, finalizou.

Ainda sem dar muitos detalhes sobre a trama, Pace revela que sua equipe já trabalha para começar a gravar nas cidades paranaenses no primeiro semestre de 2020. “Pretendemos iniciar entre março e abril do ano que vem”, explicou. Entre os pontos turísticos estão Ilha do Mel, Centro da Capital, Porto de Paranaguá, Jardim Botânico, Cataratas do Iguaçu e Vila Velha.

Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, no Paraná – Foto: Divulgação

Sem sinopse definida, a trama será uma ficção-científica sobre a exploração do mundo real e virtual, cheia de ação e aventura. “Esperamos que Turmoil se torne uma franquia, assim como foi Matrix, Premonição e Bill & Ted”, disse Bella Pace.

Com informações da Tribuna do Paraná

Leia Mais

Entretenimento

Augusto Nunes e Gleen Greenwald se agridem no Pânico

Programa precisou ser interrompido ao vivo.

Publicado

em

Foto: Reprodução

O programa Pânico da Rádio Jovem Pan teve como convidados nesta quinta-feira (07) os jornalistas Gleen Greenwald, do The Intercept, e Augusto Nunes, da revista Veja.

Nunes é ferrenho crítico de Greenwald, a quem acusa de ter divulgado material roubado sobre conversas envolvendo o atual ministro da Justiça, Sérgio Moro. Em várias ocasiões, Augusto Nunes escreveu críticas pesadas ao desafeto em sua coluna, mas hoje, foi o ápice.

Em um momento que ele falava sobre Gleen, o americano se exaltou e passou a chamá-lo de covarde. Nunes também se alterou e agrediu o dono do The Intercept, que tentou reagir. Ao final, Gleen Greenwald volta a chamar o colunista da Veja de covarde, quando ele responde “Covarde, mas você apanhou na cara”.

Emílio Surita precisou interromper o programa para os ânimos se acalmarem. Outros integrantes da atração separaram a briga.

VEJA O VÍDEO:

Leia Mais
Publicidade

Curta o 24Horas