EsportesLondrina Esporte Clube

Pênalti marca vitória de Londrina sobre o Vila Nova no Café

Tubarão fez 3 a 2 no time visitante e encostou no G4.

LONDRINA, PR – Um jogo eletrizante: foi assim a partida entre Londrina e Vila Nova, nesta sexta-feira (26), no Estádio do Café, pela 33ª rodada da Série B. De virada, o Tubarão fez 3 a 2 no time visitante e encostou nos quatro primeiros colocados. O lance decisivo foi um pênalti nos minutos finais.

O Tubarão começou pressionado pelo time goiano. Logo aos três minutos, Mateus Anderson recebeu um lançamento, driblou o goleiro Vagner, mas desperdiçou na hora de finalizar. A resposta do alviceleste veio com Dagoberto, que cobrou um escanteio com categoria e quase marcou. A partida seguiu lá em cá. Com as duas equipes chegando com perigo perto do gol adversário.

Aos 29, o Londrina reclamou de um pênalti não marcado. Dagoberto invadiu a área e levou um carrinho de Naylhor, mas o árbitro não entendeu como penalidade.

O time paranaense seguiu se desvencilhando das investidas dos visitantes, que tentou com Juninho, Vinicius Leite e Rafael Silva. Só que no primeiro tempo o placar não mudou.

Na volta do intervalo, o Vila Nova nem deixou o Londrina respirar e já balançou as redes. Na marca de um minuto, Mateus Anderson lançou Rafael Silva, que tocou na saída do goleiro Vagner.

O Tubarão não desanimou, barrou outras investidas do visitante e buscou jogo. Até que aos 25 deixou tudo igual. Dagoberto cobrou falta e carimbou o travessão. No rebote, Carlos Henrique empatou o duelo.

Bastaram três minutos para o Londrina virar. Após cobrança de tiro de meta, a defesa do Vila se embananou e Felipe Marques, livre, balançou as redes.

Mesmo com a vantagem, o alviceleste não quis segurar a bola. Como castigo, aos 43, Gáston Filgueira cruzou, a defesa do Tubarão não cortou e Rafael Silva deixou o placar igual novamente.

Quando parecia tudo perdido, aos 47, o goleiro Rafael Santos deu um soco no nariz de Paulinho Moccelin. Após muita reclamação, jogo parado e conversa da arbitragem, o juiz marcou pênalti e expulsou o goleiro. Como o Vila Nova já tinha feito as três substituições, Gáston Filgueira foi defender a meta. No Londrina, Dagoberto foi para cobrança, fez a bola beijar a trave, mas garantiu o gol da vitória do Tubarão.

COMO FICA

Com o resultado, o Londrina tem 50 pontos, na sexta posição. Já o Vila Nova tem 51, na quinta colocação. O primeiro time no G4 é o Avaí, com 52 pontos.

Na próxima rodada, o Tubarão encara o Avaí, no sábado (3), às 16h30 (de Brasília).

Publicidade
Assuntos

Relacionados

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios