29 C
Londrina

Avião cai após decolar com 176 passageiros no Irã; Não há sobreviventes

Avião ucraniano caiu próximo ao aeroporto de Teerã.

Leia também:

Bruna Marquezine expõe sua magreza em carnaval e é alvo de muitas críticas

A atriz Bruna Marquezine tem sofrido com severas críticas relacionadas a sua magreza. Durante o carnaval, com roupas mais a mostra, ela expôs uma magreza acima do normal. Os seguidores que viram cliks da atriz não perdoaram, e chegaram a questionar a respeito da saúde de Bruna. 

Bloco Bafo Quente arrasta 50 mil foliões pelas ruas de Londrina

Terça-feira a festa continua com a paradinha do trio.

Homem traído pela mulher se pendura na rede elétrica no Centro de Londrina

Ele tentou suicídio, mas não sofreu ferimento algum.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

Mais de 170 pessoas morreram na queda de um avião em Teerã, na madrugada desta quarta-feira (08), horário local de Brasília. A aeronave Boeing 737-800 partiu da capital iraniana para Kiev, na Ucrânia. Agências estatais confirmaram o número de vítimas e também informaram que o avião pertencia a empresa ucraniana Ukraine International.

Segundo as agências, 176 passageiros estavam na aeronave que caiu logo após decolar. O acidente aéreo acontece logo após a base militar iraquiana de Al Asad, usada pelas tropas dos Estados Unidos, ser atacada com 12 mísseis. Ao menos seis deles atingiram o local, conforme noticiou a imprensa internacional.

Veja o momento em que o avião cai:

Também foram disparados foguetes contra uma base americana em Erbil, no norte do Iraque. Ainda não há ainda confirmação oficial sobre  vítimas.

Conforme a agência de notícias iraquiana Fars, a medida é uma retaliação do Irã ao ataque dos Estados Unidos, que matou o principal comandante militar iraniano, Quasem Soleimani, na última sexta-feira (03) em Bagdá, capital do Iraque. A operação “Martir Soleimani” foi executada pela Guarda Revolucionária do Irã à 1h20 (20h20 em Brasília), o mesmo horário do assassinato do general no último dia 2.

Região onde avião com 176 caiu em Teerã – Foto: ISNA

Depois do ataque às bases americanas, a Agência Federal de Aviação dos Estados Unidos emitiu um comunicado de restrição emergencial e imediata, orientando as companhias e pilotos do país a evitarem o espaço aéreo do Golfo Pérsico.

A agência reiterou que o documento tem caráter preventivo e afirmou que o momento apresenta “potencial para erro de cálculo ou de identificação” de aeronaves civis.

Assine nossa Newsletter

Receba diariamente as principais notícias do Paraná e do Brasil.

Comentários

#Face24H

- Publicidade -