Londrina e regiãoMundoNotícias

Londrinense é preso pela Interpol em Miami por suspeita de fraude no DPVAT

Empresário é suspeito de liderar esquema em Londrina e estava foragido.

LONDRINA – Foi preso pela Interpol, nos Estados Unidos, o empresário londrinense Márcio Rodrigo Cantoni, suspeito de liderar esquema de fraude no pagamento de Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículo Automotor (DPVAT). O golpe era aplicado em Londrina, no norte do Paraná.

Marcio foi detido na terça-feira (04) por estar ilegal no país. Ele estava foragido desde setembro de 2016, mas não foi detido porque estava no exterior. Por conta disso, o empresário foi incluído na lista de procurados pela Polícia Internacional (Interpol).

FRAUDE

Segundo a Polícia Federal, o grupo do empresário lesou cerca de 500 pessoas em todo o Brasil. Em maio de 2017, Cantoni e mais quatro foram denunciados pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) pelos crimes.

Segundo o MP, os suspeitos formavam um grupo, que ‘tinha como objetivo identificar e angariar vítimas de acidentes de trânsito e, em seguida, ingressar com ações judiciais em nome delas, por meio de procurações e documentos falsos, pedindo indenização referente ao DPVAT.’

Ainda de acordo com o MP, os suspeitos se apropriaram indevidamente dos valores recebidos em razão das indenizações, deixando de repassá-los as vítimas, que teriam o direito legítimo sobre o seguro. Isso teria provocado prejuízos aos lesados.

A defesa de Cantoni não se manifestou.

Publicidade

AGORA NO 24H:

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios