Domingo, 27 de Setembro de 2020 23:04
(43) 99953-0833
Notícias Traição

Traição motivou assassinato de estudante de direito em Curitiba

Traição motivou assassinato de estudante de direito em Curitiba

06/06/2017 06h03 Atualizada há 3 anos
Por: Redação
Traição motivou assassinato de estudante de direito em Curitiba
[caption id="attachment_9761" align="aligncenter" width="1348"] Foto: Arquivo pessoal[/caption] Enio Ivan Bertoncello, de 32 anos, preso pela morte da estudante de direito Mahara D’avila Scremin, de 23, contou à polícia as motivações que levaram ele a assassinar a jovem na noite do dia 31 de maio, na residência em que ela morava no bairro Boqueirão em Curitiba. Segundo o acusado, o flagra de uma suposta traição teria sido a causa de seus atos. Em depoimento, Enio disse que foi até a casa da jovem para presentea-la com um livro e a encontrou em ato sexual com outro homem. Ele disse que havia se separado dela, mas que mantinha um relacionamento sem compromisso; Irritado com a cena, Ênio deixou a casa foi embora. O rapaz, porém, decidiu retornar a residência por volta das 23h daquele dia para tirar satisfações quanto a traição. Momentos antes, ele havia comprado gases e luvas em uma farmácia próximo de sua casa. Ênio também levou uma faca, usada para matar a estudante de direito. Segundo o homem, após declarações de amor, ele deferiu o golpe fatal que atingiu o pescoço de Mahara. O suspeito disse ainda que pediu "perdão" ao corpo de Mahara e levou um smartphone e um tablet que pertencia a jovem para simular um latrocínio. Segundo o rapaz, as evidências do crime foram jogadas no lixo, porém a Polícia Civil conseguiu localizar as luvas usadas no homicídio. Ênio foi preso na manhã de domingo (04) e confessou o crime. Nas redes sociais, ele chegou a publicar uma foto de "luto" e recebeu mensagens de conforto. O crime Mahara D’avila Scremin foi encontrada morta dentro de casa na noite de quarta-feira (31) em Curitiba. Ela apresentava dois cortes de faca no pescoço e sua residência estava revirada. Utensílios domésticos foram periciados pela polícia para identificar impressões digitais deixadas pelo suspeito. Para a polícia, o caso está praticamente elucidado. LEIA MAIS: https://www.24horas.com.br/policial/ex-marido-confessa-assassinato-de-estudante-de-direito-em-curitiba/
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Londrina - PR
Atualizado às 22h53 - Fonte: Climatempo
22°
Trovoada

Mín. 20° Máx. 37°

22° Sensação
11 km/h Vento
100% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (28/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 36°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (29/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 36°

Sol com algumas nuvens