Quinta, 01 de Outubro de 2020 21:00
(43) 99953-0833
Notícias O

O péssimo exemplo de Alceuzinho no debate público

O péssimo exemplo de Alceuzinho no debate público

29/09/2016 16h48 Atualizada há 4 anos
Por: Derick Fernandes
O péssimo exemplo de Alceuzinho no debate público
bannereleicoes2016750x100 maxresdefault-1 A ofensa faz parte da democracia? O debate público promovido em frente à Câmara Municipal de Paranaguá pelos candidatos a prefeito pode ter significado o triunfo ou a penúria dos principais concorrentes nessas eleições. O episódio que deveria ser histórico, se tornou lamentável a partir do momento que se observou a prepotência e a arrogância nos candidatos. Alceuzinho Maron foi o protagonista desse episódio, quando infelizmente, baixou o nível do diálogo literalmente, xingando e ofendendo um de seus oponentes. Aos berros e em cima de um trio elétrico, Alceuzinho escancarava "boca torta, boca mole, frouxo, pastel de vento!" e revelou apenas o seu ódio, ao invés de ideais que trouxessem esperança para Paranaguá. A impressão que deu era que o único objetivo dele estava focado em "destruir" moralmente o seu oponente - expondo afirmações no mínimo duvidosas - de que ele seria preso pela Polícia Federal caso fosse eleito. Claro, é natural que durante as eleições hajam críticas entre os concorrentes, a modo de melhor convencer o eleitorado como a melhor opção para a cidade. Mas o que Alceuzinho fez não deve ser exemplo para nenhum político. Estamos em pleno século 21 e somos seres humanos suficientemente racionais, para que nossas diferenças sejam resolvidas em um diálogo inteligente e proveitoso, não em ofensas morais. Ofensa moral. É só isso que se observou. Xingar e humilhar outra pessoa, independente de sua opinião ou posição política, deveria ser repudiado por todos. As palavras de Alceuzinho revelaram apenas o preconceito de um candidato que quer administrar uma cidade para todos os seus cidadãos. Logo Alceu, filho de um ex-vereador, ex-deputado estadual e com o título de advogado, se submeter a baixar o nível desse jeito, a ponto de deixar transparecer seu rancor que se convertido em palavras, virou desespero. Depois do dia 02 a vida deve voltar ao normal. Mas é indispensável que esse triste episódio seja banido das nossas próximas escolhas para a cidade. Que permaneça apenas a democracia e o enfrentamento saudável. O chapéu no entanto merece ser tirado para quem manteve o mínimo de nível no evento. Professor Hermes foi um destaque, falando de sua participação no pleito, e como fez sua campanha com poucos recursos - ele levou propostas, dialogou com os presentes - e não tinha ninguém para segurar sua bandeira ou gritar seu nome. Veja o vídeo:
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Londrina - PR
Atualizado às 20h45 - Fonte: Climatempo
34°
Alguma nebulosidade

Mín. 22° Máx. 41°

33° Sensação
2 km/h Vento
26% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (02/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 40°

Sol com algumas nuvens
Sábado (03/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 37°

Sol com algumas nuvens