Domingo, 27 de Setembro de 2020 08:12
(43) 99953-0833
Notícias Donos

Donos da TCGL também controlam transporte coletivo em Maringá, Rolândia e Apucarana

Donos da TCGL também controlam transporte coletivo em Maringá, Rolândia e Apucarana

06/12/2018 20h37 Atualizada há 2 anos
Por: Derick Fernandes
Donos da TCGL também controlam transporte coletivo em Maringá, Rolândia e Apucarana
LONDRINA - Basta uma consulta pública para verificar a informação: o transporte coletivo de todo o norte do Paraná está praticamente nas mãos de um único grupo empresarial. Além da Grande Londrina, os dez sócios - cujo a maior parte da fatia é do Grupo Constantino, também dono da Gol, possuem ainda as operações do transporte coletivo em Maringá (TCCC), Rolândia (TCR), Apucarana (VAL) e até em cidades de SP, como Bauru. O mesmo grupo também é controlador da TIL, que serve a Região Metropolitana de Londrina. No centro de uma polêmica envolvendo a Prefeitura de Londrina, a Transportes Coletivos Grande Londrina faturou milhões na cidade, nos últimos anos, explorando o serviço - que recebe duras críticas da população por conta da ineficiência, falta de investimento na frota e melhoria do sistema. Agora, com o contrato de 15 nos prestes a terminar em 19 de janeiro de 2019, a TCGL anunciou que irá deixar de operar em Londrina. Um movimento que foi visto como pressão da empresa para forçar a prefeitura voltar atrás e modificar os termos da licitação, de forma que beneficiassem-a economicamente. Além disso, a Grande Londrina declarou que caso não dispute o certame, exige reajuste da passagem para R$ 4,60 para não deixar a cidade sem ônibus a partir da data do vencimento contratual. As empresas vencedoras da licitação teriam até 60 dias para assumir o serviço, porém nesse meio tempo, pode haver um lapso no transporte (falta de ônibus). O prefeito Marcelo Belinati (PP) disse que não irá ceder à pressão imposta pela Grande Londrina. FALTA DE DINHEIRO Mesmo com toda estrutura do Grupo Constantino, e com sócios que acumulam mais de R$ 300 milhões em patromônio, a Grande Londrina anunciou a demissão em massa dos mais de 1,6 mil funcionários, no caso do encerramento das operações. No entanto, a empresa também disse que não tem dinheiro para honrar com o pagamento das rescisões contratuais dos colaboradores. O Sindicato que defende os trabalhadores manifestou preocupação com o comunicado e teme um calote milionário da TCGL. O assunto virou polêmica nas redes sociais e fator de preocupação para os funcionários da empresa, que não receberam garantia nenhuma de que irão continuar empregados em 2019.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Londrina - PR
Atualizado às 07h52 - Fonte: Climatempo
22°
Alguma nebulosidade

Mín. 21° Máx. 37°

22° Sensação
14.6 km/h Vento
53% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (28/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 36°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (29/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 36°

Sol com algumas nuvens