Sábado, 26 de Setembro de 2020 12:14
(43) 99953-0833
Notícias Grande

Grande Londrina vai à Justiça e consegue suspensão da nova licitação do transporte urbano

Grande Londrina vai à Justiça e consegue suspensão da nova licitação do transporte urbano

19/12/2018 18h00 Atualizada há 2 anos
Por: Redação
Grande Londrina vai à Justiça e consegue suspensão da nova licitação do transporte urbano
LONDRINA - O Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR) determinou na tarde desta quarta-feira (19) a suspensão do processo licitatório que delegaria a uma nova empresa a responsabilidade e a execução do serviço de transporte coletivo de Londrina. A decisão foi tomada através de medida cautelar, assinada pelo conselheiro Ivan Lelis Bonilha, e imediatamente comunicada à Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), que obedeceu com prontidão a determinação judicial e já ordenou a suspensão do processo. A medida do TCE foi tomada em resposta favorável ao pedido de impugnação protocolado pelo gerente da Transportes Coletivos Grande Londrina (TCGL), Gildalmo Mendonça. No documento, ele questiona a existência de "falhas e imprecisões do instrumento convocatório que conflitam frontalmente com os princípios e regras legais basilares aplicáveis às licitações públicas, ameaçando o melhor atendimento do interesse público e impedindo a ampla competitividade". Entre as supostas falhas citadas pela atual concessionária do transporte urbano de Londrina, estão quilometragem percorrida, documentação para habilitação, tarifa incorreta, defasagem de salários e passageiro pagante x passageiro equivalente. JOGO DE INTERESSES Desde a divulgação do edital de licitação, no final do mês de novembro, a TCGL já havia declarado que não iria concorrer à disputa, justamente por discordar de diversos pontos constantes no documento de convocação - os quais, em seu parecer, tornavam inviável a exploração comercial do serviço. Houve, inclusive, uma espécie de ameaça velada por parte da companhia, que relacionou a manutenção das operações até o ingresso da nova concessionária - a partir de 19 de janeiro, quando se encerra o contrato de concessão em vigor - a um reajuste da tarifa de ônibus de R$ 3,95 para R$ 4,60, já negado pelo prefeito Marcelo Belinati numa ocasião anterior.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Londrina - PR
Atualizado às 12h10 - Fonte: Climatempo
31°
Alguma nebulosidade

Mín. 16° Máx. 35°

31° Sensação
15 km/h Vento
38% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (27/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 37°

Sol
Segunda (28/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 36°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.