Segunda, 19 de Outubro de 2020 18:05
(43) 99953-0833
Últimas Notícias Homem

Homem é preso depois de matar travesti e guardar coração em casa: "Era um demônio"

Homem é preso depois de matar travesti e guardar coração em casa: "Era um demônio"

22/01/2019 15h25 Atualizada há 2 anos
Por: Derick Fernandes
Homem é preso depois de matar travesti e guardar coração em casa:
CAMPINAS – Um homem foi preso nesta segunda-feira (21), em Campinas (SP), após confessar ter assassinato de uma travesti e guardado o coração da vítima em casa. O crime aconteceu no Jardim Marisa, região do Campo Belo. Conforme a Polícia Militar (PM), o órgão estava enrolado em um pano, sob o guarda-roupas do suspeito. Caio Santos de Oliveira admitiu que teve relação sexual com a vítima, Jenilson José da Silva, 35, O autor ainda teria levado pertences como eletroeletrônicos e objetos da vítima do local do crime. Com declarações desconexas, e sorrindo, o criminoso foi apresentado na 2ª Delegacia Seccional de Campinas, e afirmou que havia conhecido a vítima na noite anterior: "Ele era um demônio. Eu arranquei o coração dele. É isso. Não era meu conhecido. Conheci à meia-noite" afirmou aos repórteres. Conforme a PM, Oliveira foi abordado depois de apresentar atitude suspeita ao avistar a viatura. Ele foi abordado em um comércio, e segundo os agentes, apresentou dados pessoais falsos. Ainda conforme os policiais, o suspeito tinha escoriações e arranhões pelo corpo, além de um ferimento na cabeça.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Londrina - PR
Atualizado às 17h46 - Fonte: Climatempo
28°
Nuvens esparsas

Mín. 18° Máx. 29°

28° Sensação
22 km/h Vento
51% Umidade do ar
80% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (20/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 29°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (21/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.