Sexta, 15 de Janeiro de 2021 20:30
(43) 99953-0833
Notícias Em

Em plena pandemia, festa na casa da secretária de Saúde causa revolta em Paranaguá

Em plena pandemia, festa na casa da secretária de Saúde causa revolta em Paranaguá

16/07/2020 12h16 Atualizada há 6 meses
Por: Derick Fernandes
Em plena pandemia, festa na casa da secretária de Saúde causa revolta em Paranaguá
No momento em que o Paraná registra disparada nos casos de coronavírus em todo o estado, com mais de 46 mil confirmações e 1.181 mortes, uma situação registrada na semana passada pela Polícia Militar (PM) vem à tona. Uma festa organizada na casa da secretária municipal de Saúde de Paranaguá, no litoral do estado. A cidade é sede da 1ª Regional de Saúde e figura como um dos municípios com a maior taxa de contaminação do Paraná entre as cidades médias, com 1.131 confirmações e 25 mortes até esta quarta-feira (15). A festa aconteceu na última quinta-feira (09) e foi encerrada após a chegada da PM. A denúncia foi feita pelo vereador GCM Nóbrega (Avante) durante sessão da Câmara Municipal, e confirmada pelo 24Horas. + NOTÍCIAS DO LITORAL NO 24HORAS Um boletim de ocorrência foi obtido pela reportagem confirmando o episódio, mas a secretária Lígia Regina de Campos Cordeiro negou que tenha participado da comemoração que aconteceu na casa localizada na rua Rubens de Santana Tavares, no Conjunto Cominese. Vizinhos confirmaram que ela de fato mora ali. Segundo o boletim de ocorrências 697588/2020, a Polícia Militar foi acionada através do 190 informando que no local estaria ocorrendo uma festa. Na chegada da viatura, os próprios policiais constataram o som alto e a presença de veículos estacionados em frente à casa. Na descrição dos agentes, foram vários minutos batendo no portão para que alguém fosse atendê-los. [caption id="attachment_54404" align="aligncenter" width="1280"]Boletim de ocorrência confirma a festa - Foto: Reprodução Boletim de ocorrência confirma a festa - Foto: Reprodução[/caption] Um homem identificado como Marcelo Loyola se apresentou como responsável pelo imóvel. Ele foi encaminhado ao batalhão da PM para assinar um termo circunstanciado, mas a reportagem apurou que na verdade Marcelo é um amigo de Lígia e não mora na casa. A secretária mesmo, que também é Guarda Municipal concursada, não se apresentou à equipe policial. Um vídeo do momento em que a polícia estava no local foi publicado pela página Litoral Pan. Nas imagens é possível escutar uma discussão, onde em um dos momentos o policial que atende a ocorrência pede para que Marcelo abra o portão da casa. "- Como é que é o nome do senhor?  - Marcelo!  - Marcelo, só abre aqui o portão que eu converso com o senhor", diz. VEJA O VÍDEO: [video width="1280" height="720" mp4="https://24horas.com.br/wp-content/uploads/2020/07/WhatsApp-Video-2020-07-14-at-22.02.27.mp4"][/video]

SECRETÁRIA NEGA

A reportagem entrou em contato com a Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Paranaguá, que enviou uma nota de esclarecimento. A assessoria no entanto não respondeu as perguntas enviadas pelo 24Horas questionando se a casa era mesmo da secretária, ou se a prefeitura tomaria alguma providência ou abriria processo administrativo para apurar a conduta da funcionária de confiança. "Essa informação já foi desmentida pela própria secretária. Vale destacar que estamos trabalhando justamente para que este tipo de situação não aconteça. Infelizmente algumas pessoas se aproveitam da fragilidade do momento para causar tumulto e confundir. Além disso é muito importante certificar a veracidade das informações antes de passá-las adiante", diz a nota. A reportagem também tentou contato direto com a secretária Lígia Regina de Campos Cordeiro, mas ela não respondeu as mensagens e não retornou as ligações. Nas redes sociais, Lígia se manifestou e também negou o fato.

AUMENTO DOS CASOS DE CORONAVÍRUS

Paranaguá e a região do litoral paranaense tem tido um crescimento vertiginoso em novos casos e mortes por Covid-19. Até por conta disso, a região foi a única em todo o estado incluída em quarentena restritiva pelo governo até o próximo dia 21. O Hospital Regional do Litoral (HRL) único de referência na região, tem mais de 80% dos leitos exclusivos para Covid-19 ocupados. A prefeitura de Paranaguá chegou a inaugurar um setor exclusivo para tratamento de coronavírus no Hospital Municipal João Paulo II, mas foi criticada por ofertar pouca estrutura e nenhum leito de UTI na unidade. Foram R$ 19 milhões destinados à cidade para combate à pandemia. Mas poucas ações aconteceram, e a cidade desde o início da pandemia não criou um comitê de emergência em saúde pública para decidir a aplicação dos recursos. A única fiscalização cabe à Câmara Municipal, cujo a maioria dos vereadores integram a base de apoio do prefeito da cidade, Marcelo Roque (Podemos). [caption id="attachment_54392" align="aligncenter" width="717"] Local de espera de pacientes que aguardam ser atendidos em hospital de campanha em Paranaguá - Foto: Colaboração[/caption]
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Londrina - PR
Atualizado às 20h13 - Fonte: Climatempo
28°
Poucas nuvens

Mín. 22° Máx. 29°

30° Sensação
9 km/h Vento
66% Umidade do ar
83% (25mm) Chance de chuva
Amanhã (16/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 29°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (17/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 26°

Sol com muitas nuvens e chuva