Domingo, 29 de Novembro de 2020 13:56
(43) 99953-0833
Últimas Notícias Cancelado

Cancelado por Ratinho Junior, hospital da Zona Oeste de Londrina teria 150 leitos

Cancelado por Ratinho Junior, hospital da Zona Oeste de Londrina teria 150 leitos

29/07/2020 21h10 Atualizada há 4 meses
Por: Derick Fernandes
Cancelado por Ratinho Junior, hospital da Zona Oeste de Londrina teria 150 leitos
A obra do Hospital da Zona Oeste de Londrina, anunciada em 2017 ao custo de R$ 25 milhões pelo ex-governador Beto Richa, contemplaria 150 novos leitos clínicos que atenderiam pacientes principalmente das cidades de Cambé, Rolândia e Arapongas, na região metropolitana de Londrina. Com exceção de Arapongas, as duas outras cidades não contem com leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e dependem de hospitais em Londrina para o encaminhamento de pacientes. Diante da pandemia de coronavírus, o novo hospital, que ficaria localizado ao lado da Pontifícia Universidade Católica (PUC), na saída para a BR-369, que liga justamente essas cidades, poderia ser referência no tratamento do vírus para os moradores da região. Entretanto a obra foi cancelada em janeiro deste ano pelo governador Ratinho Junior (PSD) que alegou custos altos para tirar o projeto do papel. Além da população da Zona Oeste de Londrina, estimada pelo IBGE em 90 mil habitantes, o hospital também outros 350 mil habitantes das três cidades. Em Arapongas, por exemplo, o Hospital do Norte do Paraná (Honpar) que atende pacientes encaminhados de Rolândia e Apucarana, não conta com mais leitos para tratar contaminados pelo coronavírus. Sendo assim, há a necessidade do encaminhamento dos pacientes para Londrina. Se estivesse em operação, o Zona Oeste reduziria consideravelmente a pressão sobre o Honpar.

FALTA DE DINHEIRO?

O dinheiro para a construção do hospital chegou a ser reservado pela Secretaria Estadual de Saúde (SESA), mas acabou sendo congelado em janeiro pelo governador no chamado "contingenciamento". Na prática, isso significa que o governo não enxergou algo essencial na obra de mais um hospital na região de Londrina. Por outro lado, de janeiro a maio de 2020 o governo gastou R$ 132 mil por dia em publicidade, o equivalente ao preço de um automóvel de luxo. No período, foram mais de R$ 20 milhões com despesas desse tipo, pagos pelo governo a emissoras de rádio, TV e jornais. As informações constam no Portal da Transparência. VEJA AQUI OS GASTOS O Secretário de Saúde Beto Preto não descartou que a discussão em torno da construção do hospital seja fomentada ainda nessa gestão. Mas não acredita no entanto que o projeto saia do papel tão cedo. "Precisamos de equipe, médicos, enfermeiros, toda equipe engajada, isso custa dinheiro. Então, simplesmente construir o hospital, mesmo que a PUC vá fazer sua administração, vai acabar consumindo dinheiro", disse em janeiro durante uma entrevista à Rádio Paiquerê, de Londrina. A meta do governo era reorganizar os hospitais já existentes. Por hora, a única ação efetiva do governo durante a pandemia em Londrina é a ampliação dos leitos no Hospital Universitário da UEL, e a criação de uma unidade de resguardo, com leitos destinados exclusivamente a pacientes com coronavírus.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Londrina - PR
Atualizado às 13h36 - Fonte: Climatempo
35°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 36°

36° Sensação
7 km/h Vento
37% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (30/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 34°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (01/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.