Quinta, 24 de Setembro de 2020 09:42
(43) 99953-0833
Notícias TCE-PR

TCE-PR reprova contas e deve tornar Barbosa Neto inelegível; confira a relação

TCE-PR reprova contas e deve tornar Barbosa Neto inelegível; confira a relação

02/09/2020 18h47 Atualizada há 3 semanas
Por: Derick Fernandes
TCE-PR reprova contas e deve tornar Barbosa Neto inelegível; confira a relação
Deve ficar no campo das pretensões o retorno ao Executivo do ex-prefeito Barbosa Neto (PDT), cujo nome integra a relação de políticos com contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR). A lista, entregue nesta quarta-feira (2), ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE/PR) contempla outras “celebridades” políticas como a ex-primeira-dama do Estado, Fernanda Richa e o irmão do ex-governador Roberto Requião, Eduardo Requião. CLIQUE AQUI E VEJA A CONFIRA A RELAÇÃO COMPLETA Contra Barbosa Neto, pesa a possível irregularidade das Contas do convênio celebrado entre a Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social e o Município de Londrina, referentes ao exercício financeiro de 2010/2011, pelos seguintes motivos: Ausência do Termo de Cumprimento de Objetivos - Afronta a Resolução n. 03/2006 do TCE/PR. A reportagem do 24 Horas tentou contato com o ex-prefeito e ex-deputado federal, mas não obteve retorno Por sua vez, Fernanda Richa, de acordo com o TCE-PR teve as contas de uma transferência feita pela Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social, que ela comandava em 2014, julgadas irregulares. A transferência de recursos  para Associação Paranaense para o Desenvolvimento do Potencial Humano de Curitiba, foi considerada irregular por execução de despesas não respaldadas por pesquisa de preço; e irregularidades na movimentação financeira. No relatório do TCE-PR, Eduardo Requião contém vários processos relativos à sua gestão como superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonia, durante o governo de seu irmão. Em 2012, por exemplo, o tribunal rejeitou as contas da autarquia relativas a 2006, sob responsabilidade dele. No total, a Sexta Inspetoria de Controle Externo, a Diretoria de Contas Estaduais, a Coordenadoria de Engenharia e Arquitetura e o Ministério Público de Contas apontaram 18 irregularidades na gestão da APPA. Entre elas, irregularidades em licitações, prorrogação de contrato vencido e falta de contrato para a execução de serviços de dragagem no canal de acesso ao Porto de Paranaguá. O ex-prefeito de Maringá, Silvio Barros (PP) também está lista. Em 2013, ele teve uma transferência no valor total de R$ 100.080,38, relativa a um convênio com a Associação Comercial e Empresarial de Maringá considerado irregular.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Londrina - PR
Atualizado às 09h25 - Fonte: Climatempo
20°
Alguma nebulosidade

Mín. 15° Máx. 31°

20° Sensação
13 km/h Vento
73% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (25/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 34°

Sol com algumas nuvens
Sábado (26/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens