Domingo, 25 de Outubro de 2020 02:19
(43) 99953-0833
Eleições 2020 ELEIÇÕES 2020

João Carlos Ribeiro: Um candidato bilionário que promete transformar Pontal do Paraná

Megaempresário propõe abrir mão do salário de prefeito e promete transformar a cidade de 18 mil habitantes

18/10/2020 02h45 Atualizada há 7 dias
Por: Derick Fernandes
Megaempresário João Carlos Ribeiro - Foto: Divulgação
Megaempresário João Carlos Ribeiro - Foto: Divulgação

 

O único bilionário na disputa eleitoral no Brasil é do Paraná. Natural de Uraí, no Norte do Paraná, João Carlos Ribeiro é candidato à prefeito de Pontal do Paraná, no litoral do estado. O município turístico tem 27 mil habitantes belíssimas praias - algumas inclusive com restinga e mata ciliar.

O empresário é o preferido das eleições. Ele conta com amplo apoio da Assembleia Legislativa do Paraná e do governador Ratinho Junior, que planeja grandes investimentos em Pontal do Paraná, uma cidade que é promessa no litoral paranaense.

Suas propostas são bastante contundentes e tem chamado a atenção dos nativos de Pontal. Caso eleito, João Carlos Ribeiro assumiu compromisso de abrir mão do salário de prefeito, e se comprometeu a levar investimentos para a cidade, com a criação de emprego e geração de renda. "Vamos transformar Pontal do Paraná na cidade que vai brilhar em nosso litoral", disse em durante discurso em um comício no Jardim Canadá.

O interesse de João Carlos Ribeiro na prefeitura nasceu também da proposta de construir um dos maiores e mais modernos portos privados do Brasil em Pontal do Sul (balneário de Pontal do Paraná). O terminal receberá investimentos na ordem de R$ 1 bilhão e depende de uma faixa de infraestrutura para sair do papel. O Governo do Paraná anunciou que iria investir na faixa de infraestrutura e tornar realidade o Ponto Pontal Paraná (3P).

O projeto no entanto acabou esbarrando em ambientalistas e travou. A obra do 3P e da faixa de infraestrutura, que seria uma rodovia, uma ferrovia, linha de transmissão elétrica e um canal, geraria pelo menos 4 mil empregos diretos na cidade durante sua execução. Depois de pronto, a previsão é que o 3P gere até 5 mil empregos diretos e 10 mil empregos com a chegada de empresas.

HISTÓRIA

Ribeiro nasceu em Uraí, cidade próxima de Londrina que, em 2004, elegeu o prefeito mais velho do Brasil — o tucano Susumo Itimura assumiu aos 86 e foi reeleito aos 90. A disposição para a vida política na senioridade parece compartilhada pelo bilionário, mas seu plano, diz, tem começo e fim claros. “Não tenho pretensão de continuar daqui a 4 anos e talvez nem tenha saúde para tanto”, reflete. 

O empresário iniciou a vida profissional aos 17, quando deixou Uraí e passou a fazer negócios entre Pontal e Curitiba. Começou com uma construtora e, “com um pouco de sorte e competência”, diz, diversificou os negócios em uma gama de outras empresas, que hoje vão do e-commerce à saúde.  Deu certo. Ao TSE nesta eleição, declarou patrimônio avaliado em 1,5 bilhão e 725 mil reais.

Os bens declarados pelo bilionário não deixam a desejar: incluem um jet ski de R$14 mil, um Land Rover de R$399 mil, nada menos que R$4,2 milhões em obras de arte e 4 apartamentos, incluindo um no exterior. O mais caro, em Curitiba, é avaliado em R$2,2 milhões.

Empresário João Carlos Ribeiro e a esposa, Sra. Adriana Ribeiro - Foto: Divulgação
Empresário João Carlos Ribeiro e a esposa, Sra. Adriana Ribeiro - Foto: Divulgação

 

A maioria de seu dinheiro está alocado em fundos de longo prazo de bancos privados — o maior deles tem R$1,15 bilhão. Mas os ativos incluem também ações de empresas como Vale do Rio Doce e Carrefour, além de 57 milhões em participações em empresas no exterior e 306 milhões em ações de sua empresa de infraestrutura portuária e energética, a J.C.R, que tem sede em Curitiba e atua como holding de investimentos em empresas de médio e grande porte. 

Segundo levantamento do portal G1, ele é o único bilionário nas eleições de 2020 no país, que tem 2% de candidatos milionários e 39% que declararam não possuir nenhum bem sequer. 

PROJETOS

Há quem diga que o interesse de João Carlos Ribeiro em ser prefeito da cidade esteja somente aliado ao Porto. A obra já autorizada por todos os órgãos ambientais custará R$ 369 milhões do estado e quase R$ 1 bilhão em investimentos privados. A grande polêmica está no fato de que a obra destruirá uma porção da mata atlântica para a construção da faixa de infraestrutura que levará até o porto.

A obra divide opiniões e recebe até críticas de outros políticos, como o deputado Requião Filho, que defende que há outras formas de gerar emprego como o investimento no turismo por exemplo. Ribeiro rebate dizendo que está há 18 anos se dedicando ao projeto. "Quando eu comecei, ninguém veio atrás de mim para me ajudar a moldar o projeto na questão ambiental. Agora que está pronto eles aparecem", diz. 

Ambientalistas também dizem que o novo porto ameaça a área turística da Ilha do Mel, patrimônio mundial da Unesco, na Baia de Paranaguá.

Mas é fato que todos os alvarás já foram emitidos. "Eu só decidi me candidatar à prefeito depois de que tive a obra liberada, com todas as taxas e municipalidades pagas e autorizadas. Eu acho que como empresário, posso fazer coisas fantásticas pela comunidade. Mas infelizmente é isso que eu enfrento. Brigo com tudo mundo por um projeto que vai ajudar a cidade, gerando 6 mil empregos e 5 mil indiretos", lamenta.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Londrina - PR
Atualizado às 02h13 - Fonte: Climatempo
21°
Alguma nebulosidade

Mín. 19° Máx. 28°

21° Sensação
17.3 km/h Vento
88% Umidade do ar
90% (30mm) Chance de chuva
Amanhã (26/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 27°

Sol com muitas nuvens e chuva
Terça (27/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens