Domingo, 17 de Janeiro de 2021 18:31
(43) 99953-0833
Brasil DESASTRE

Temporais deixam 15 mortos em Santa Catarina

Outras seis pessoas ainda continuam desaparecidas.

20/12/2020 16h56
2.100
Por: Agência Brasil
Centro de Presidente Getúlio (SC) inundado - Foto: Defesa Civil / Divulgação
Centro de Presidente Getúlio (SC) inundado - Foto: Defesa Civil / Divulgação

Chuvas fortes atingiram Santa Catarina na madrugada de quinta-feira (17) e provocaram estragos e deixaram desalojados em municípios do Vale do Itajaí e da região metropolitana de Florianópolis.

A Secretaria da Defesa Civil do estado confirmou ao menos quinze mortes até o momento, sendo 12 em Presidente Getúlio, 2 em Rio do Sul, e uma em Ibirama. Seis vítimas continuam desaparecidas. Até o momento 184 pessoas estão desabrigadas e 284 desalojadas.

De acordo com o órgão, em Presidente Getúlio, houve uma forte enxurrada provocada por 125 milímetros de chuva em um espaço de apenas seis horas. Em Ibirama, casas foram levadas pela força das águas. No município, abrigos foram abertos para a população.

Equipes da Defesa Civil, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros atuam desde a madrugada no resgate e levantamento de danos. O governo do estado enviou ainda um grupo de resposta e determinou o deslocamento de aeronaves e cães de buscas para atuar nos resgates.

Estragos da enxurrada em Presidente Getúlio (SC) - Foto: UOL
Estragos da enxurrada em Presidente Getúlio (SC) - Foto: UOL

 

PRESIDENTE

O presidente Jair Bolsonaro sobrevoou, na tarde de hoje (19), a região do Alto Vale do Itajaí, em Santa Catarina. Registros do sobrevoo foram feitos pelo ministro do Desenvolvimento Regional (MDR), Rogério Marinho, no Twitter. O próprio presidente divulgou uma foto do sobrevoo, afirmando que o MDR tem dado apoio no atendimento às vítimas.

“O Governo Federal entra com o apoio do Exército Brasileiro nas operações de restabelecimento e a Defesa Civil Nacional com o trabalho dos técnicos pra simplificar as ações e agilizar o repasse de recursos para os trabalhos de restabelecimento”, explicou o chefe da Defesa Civil do estado, Aldo Baptista Neto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.