Burger King é condenada a pagar R$ 1 milhão a funcionários por oferecer sanduíche nas principais refeições

Leia também:

Incêndio de grandes proporções destrói antigo hotel no Centro de Curitiba

Prédio ficou completamente destruído e tinha risco de desabar.

Londrina vira assunto no Twitter por relatos de violência sexual entre jovens e adolescentes

Elas chamam a atenção para casos de violência e abusos, e pedem por Justiça.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

A Justiça do Trabalho condenou a rede de fast food Burger King de Goiânia a pagar mais de R$ 1 milhão em indenização para mais de 586 ex-funcionários. De acordo com a ação coletiva, movida pelo Sindicato Intermunicipal dos Empregados no Comércio Hoteleiro e Similares no Estado de Goiás (Sechseg), os funcionário recebiam um lanche da empresa como refeição, no lugar que uma alimentação mais equilibrada, como arroz, feijão e verduras.

Foram três anos de negociação judicial, até a condenação da rede. Em 2018, 4ª turma do TRT da 2ª região, fixou uma reparação em R$ 10 mil para um funcionário da Burger King, a título de danos morais, pelo mesmo motivo.

Segundo o sindicato, o valor da indenização já foi depositado e os beneficiários já podem procurar para receber o montante a que cada um tem direito, de acordo com o tempo trabalhado na empresa.

 

 

 

Fique ligado:

- Publicidade -