Deputado protocola projeto de lei “Neymar da Penha”

Leia também:

Frio chega pra valer ao Paraná; Londrina tem previsão de 7ºC na segunda

É bom você preparar a japona e fazer o quentão. O frio será intenso!

Governo do Paraná autoriza abertura de igrejas

Tempos tem ocupação limitada a 30%
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

Inspirado na acusação de estupro contra o jogador Neymar Júnior, o deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ) protocolou no final desta quinta-feira (6), na Câmara do Deputados, um projeto de lei que pode agravar a pena de pessoas que fizerem denúncias de violência sexual caluniosa, a “Neymar da Penha”.

Para o deputado, esse tipo de denúncia é tão grave, que pode destruir a vida do acusado. Jordy disse ainda que já tinha a intenção de apresentar um PL do tipo, mas que este momento em que Neymar é acusado de estupro de forma tão duvidosa, foi determinante para que o projeto fosse antecipado.

Caso aprovado o Projeto de Lei de Jordy, pessoas que fizerem denúncias mentirosas sobre crime de estupro, poderão ter a pena aumentada em até um terço.

Através das redes sociais, o deputado explicou o motivo de batizar o Projeto de Lei de “Neymar da Penha”. “O Projeto é sério. O nome foi dado por internautas diante do caso Neymar, mas isso é uma realidade que ocorre com frequência. Estupro não é brincadeira, não se pode usar um crime sério para prejudicar quem quer que seja”, publicou.

 

Fique ligado:

- Publicidade -