É #FAKE áudio que relata coronavírus no Hospital Universitário de Londrina

Superintendente do HU desmentiu afirmações.

Leia também:

Dengue chega a quase 88 mil casos no Paraná; 69 morreram

Estado tem mais de 204 mil casos suspeitos.

Com oito testes positivos, Londrina vai a 34 casos de coronavírus

Cidade confirmou oito novos casos. Cinco pessoas estão na UTI.

Caminhoneiros passam fome nas estradas e dizem não ter onde se alimentar

Com tudo fechado, eles não tem onde se alimentar.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas

O Hospital Universitário de Londrina informou que é fake news a mensagem em áudio que circula em grupos de WhatsApp, e que alerta casos de coronavírus na unidade.

Os áudios de uma mulher não identificada afirmam que a situação do coronavírus “fugiu do controle” na unidade e que até crianças estariam internadas. Conforme a superintendência do hospital, nenhuma informação é verdadeira.

Ainda conforme o boato, os médicos do HU estariam tendo que “escolher a vida de quem eles vão salvar, e quem eles deixariam morrer”.

OUÇA O ÁUDIO FAKE:

“São afirmações completamente falsas, desconexas. O que existe são crianças internadas com problemas respiratórios, mas não são casos de coronavírus, e mesmo assim elas foram examinadas como determina o protocolo”, disse Vivian Feijó, superintendente do HU.

Conforme o hospital, nessa época do ano é comum o aumento de casos de doenças respiratórias em crianças. Mas enfatizou que isso ocorre desde que ela começou a trabalhar na unidade há 24 anos.

A expectativa é que o governador Ratinho Junior autorize a contratação de 200 profissionais de saúde para reforçar o atendimento no Hospital, que é referência no Norte do Paraná para tratamento da Covid-19. A unidade também deve ter 20 novos leitos de UTI para atender esses pacientes.

Comentários

#Face24H

- Publicidade -