Prefeito de Rolândia cede a pressão de empresários e autoriza abertura parcial do comércio

Prefeito é médico, e cidade não tem leitos de UTI.

Leia também:

Londrina vira assunto no Twitter por relatos de violência sexual entre jovens e adolescentes

Elas chamam a atenção para casos de violência e abusos, e pedem por Justiça.

Homem que estava em carro roubado morre em confronto na BR-369 em Cambé

Homem estava armado. Polícia encontrou droga no carro.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

Um decreto assinado pelo prefeito Luiz Francisconi Neto e divulgado na noite desta terça-feira (07) autoriza a abertura parcial do comércio em Rolândia, na Região Metropolitana de Londrina, já a partir desta quarta-feira (08).

Conforme o decreto, lojas vão poder abrir com até 9 funcionários na cidade, e disponibilizar álcool gel para os clientes. A decisão de Francisconi, que é médico, veio após uma reunião entre ele e representantes da Associação Comercial e Industrial de Rolândia (ACIR).

A Câmara Municipal também exerceu forte pressão no prefeito para fazê-lo tomar essa decisão, em conjunto com empresários que reivindicavam a abertura do comércio, por conta das vendas de páscoa e da semana de pagamento.

A abertura no entanto, ficou restringida para restaurantes, bares, boates e lanchonetes. Também não podem abrir os salões de beleza, centros de estética, cinemas, clubes, parques, teatros e bibliotecas.

CORONAVÍRUS EM ROLÂNDIA

Assim como Ibiporã, que nesta segunda-feira (06) anunciou a abertura do comércio, mas foi obrigada pelo Ministério Público do Paraná a cancelar a decisão, Rolândia também não conta com leitos de UTI e respiradores para fazer o tratamento de casos graves de coronavírus.

+ Ibiporã não tem UTI e único hospital está sob intervenção judicial

A cidade tem penas um caso confirmado da doença, mas faz divisa com Cambé, que tem três confirmações, e está próxima de Londrina, que nesta terça-feira anunciou a segunda morte, e 58 casos confirmados de coronavírus.

A Associação Comercial de Rolândia (ACIR) não divulgou nenhum posicionamento sobre a abertura parcial do comércio.

Fique ligado:

- Publicidade -