Ex-vereador de Apucarana sofre infarto e morre ao receber ligação de falso sequestro

Criminosos disseram que tinham sequestrado a filha dele.

Leia também:

Dengue chega a quase 88 mil casos no Paraná; 69 morreram

Estado tem mais de 204 mil casos suspeitos.

Com oito testes positivos, Londrina vai a 34 casos de coronavírus

Cidade confirmou oito novos casos. Cinco pessoas estão na UTI.

Caminhoneiros passam fome nas estradas e dizem não ter onde se alimentar

Com tudo fechado, eles não tem onde se alimentar.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas

O ex-vereador Disnei Leugi, de Apucarana, morreu depois de sofrer um ataque cardíaco fulminante na madrugada desta segunda-feira (06).

Segundo os familiares, por volta das 4h30, Disnei recebeu um telefonema de alguém tentando aplicar o golpe do falso sequestro, dizendo que a filha, o genro e três netas dele haviam sido sequestradas.

Os familiares disseram que o criminoso pediu uma alta quantia em dinheiro para o resgate.

Disnei, que tinha problemas de coração e havia passado por uma cirurgia recentemente, ficou nervoso e sofreu o infarto. A esposa do ex-vereador tentou socorrê-lo, mas o homem não resistiu e acabou entrando em óbito.

Disnei Leugi tinha 77 anos e foi vereador em Apucarana entre 1989 e 1992. Ele também foi superintendente de educação de ensino superior na cidade.

O corpo será velado na Câmara Municipal de Apucarana nesta segunda-feira. O sepultamento está previsto para as 9h desta terça-feira (07) no Cemitério Cristo Rei.

Comentários

#Face24H

- Publicidade -