Fórum desaba e deixa casal ferido e imóveis sem luz em Londrina

Leia também:

Londrina vira assunto no Twitter por relatos de violência sexual entre jovens e adolescentes

Elas chamam a atenção para casos de violência e abusos, e pedem por Justiça.

Incêndio de grandes proporções destrói antigo hotel no Centro de Curitiba

Prédio ficou completamente destruído e tinha risco de desabar.

Guardas Municipais são indiciados pela morte de adolescente de 16 anos em Londrina

Crime aconteceu em outubro de 2019 no Jardim Bandeirantes.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

Duas pessoas ficaram levemente feridas após o desabamento de parte do Fórum de Londrina no final da tarde desta quarta-feira (15). O prédio estava desocupado no momento do incidente, em virtude de uma obra que é realizada no local.

As vítimas passavam pela rua no momento em que a estrutura desmoronou. Vigas de concreto atingiram uma árvore, cujo os galhos acabaram por acertar os pedestres.

Foto: Colaboração / 24Horas

Um homem de 37 anos sofreu escoriações pelo corpo. Uma mulher, de 33, foi levada pelo Siate ao Hospital com contusão na clavícula. Eles estão fora de risco.

O local que desabou era o Tribunal do Juri. O Corpo de Bombeiros isolou o perímetro, porque fios de alta tensão romperam com os danos causados a dois postes em razão do colapso. Dois carros que estavam estacionados também foram atingidos pela fiação.

O incidente ainda prejudicou imóveis da região, que ficaram sem luz.

PRÉDIO SERIA DEMOLIDO

De acordo com o Tribunal de Justiça do Paraná, o Fórum Criminal de Londrina estava sendo preparado para demolição, e um novo prédio será erguido no local. O expediente foi transferido para um imóvel alugado na Avenida Tiradentes.

Fique ligado:

- Publicidade -