- Publicidade -

Justiça autoriza que Takahashi volte à Câmara

Leia também:

Jovem de 19 anos morre atropelado na BR-369 em Apucarana

Acidente aconteceu próximo ao monumento do boné, na entrada da cidade.

BRF abre 130 vagas de empregos em Londrina

Do total, 65 vagas serão preenchidas imediatamente.

Caravana de Natal da Coca Cola passa por Londrina e Maringá na semana que vem

Cidades recebem os caminhões enfeitados no dia 13 e 14.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

A Justiça autorizou que o vereador afastado Mário Takahashi (PV) retorne à Câmara de Londrina. A decisão foi proferida nesta quinta-feira (06) e garantida por unanimidade pela 2ª Câmara Criminal, do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR).

O TJ acatou os argumentos da defesa, de que Takahashi estaria sofrendo cassação indireta do mandato, uma vez que está afastado desde janeiro do ano passado, por determinação da justiça de Londrina.

Os advogados do vereador também sustentam que não haveria motivo para a medida cautelar perdurar. A mesma liminar não vale para o vereador Rony Alves (PTB), que está afastado pelo mesmo período, após envolvimento em um suposto esquema de corrupção.

Não foi definido um prazo para o retorno de Takahashi ao cargo, ocupado hoje pelo vereador Valdir dos Metalúrgicos (SD), que era suplente e assumiu a vaga. Quando Mário Takahashi retornar à Câmara, Valdir deixa o cargo. A casa não se manifestou até o momento.

Assine nossa Newsletter

Receba diariamente as principais notícias do Paraná e do Brasil.

Comentários

#Face24H

- Publicidade -