fbpx
SIGA O 24H

Esportes

Tubarão perde a primeira no café mas segue no G4

Apesar de ter atacado mais que a Ponte Preta, o Londrina deixou a vitória escapar.

Publicado

em

FOTO: Gustavo Oliveira /LEC

O primeiro tempo foi muito bem disputado pelas duas equipes, com muita intensidade e aplicação tática, mas teve ampla superioridade dá macaca (como é conhecida a Ponte Preta)

A primeira grande chance da Ponte Preta veio aos 19 minutos, quando o centroavante Roger fez belo passe para Matheus Vargas, mas o atacante finalizou mal, para fora. A resposta do Londrina veio aos 21, com o gol. O volante do Tubarão, Matheus Bertotto, aproveitou cobrança de escanteio de Arthur Caculé e subiu de cabeça para abrir o placar. Lodrina 1 x 0 Ponte Preta.

A alegria do Londrina durou pouco. Aos 23, o time paulista empatou o jogo, em 1 a 1, com um chute de fora da área de Matheus Vargas, que contou com a falha do goleiro alviceleste Matheus Albino.

A virada quase veio aos 28, com o zagueiro Renan Fonseca. Ele cabeceou completamente livre dentro da área, mas mandou para fora. Quando tudo parecia encaminhado para um empate antes do intervalo, a Ponte Preta chegou ao seu segundo gol após mais uma bola na área do Londrina. Renan Fonseca cabeceou na trave e no rebote aproveitou a falha da zaga e mandou pra rede.

No segundo tempo, o Londrina veio com mudanças. O objetivo era deixar o time mais ofensivo. O técnico Alemão tirou Rômulo e Diego Gonçalves e colocou Anderson Leite e Anderson Oliveira. Mas, a Ponte Preta seguiu jogando melhor e logo aos 8 minutos chegou ao terceiro gol, com Marquinhos, que escorou para o gol vazio o cruzamento rasteiro de Roger.

O Tubarão começou a atacar mais em busca de um improvável empate, teve volume de jogo, criou oportunidades, mas não teve sucesso e a partida terminou mesmo em 3 a 1 para a Ponte Preta.

Publicidade
Publicidade

Curta o 24Horas

EM 24HORAS >