SIGA O 24H

Curitiba

Curitiba reduz preço de passagem de ônibus fora do horário de pico

Tarifa ficará R$ 1 mais barato que o preço convencional.

Publicado

em

tarifa reduzida para horários alternativos no transporte coletivo de Curitiba começará a ser aplicada a partir de 16 de outubro, em 17 linhas da rede, ao preço de R$ 3,50. O valor é R$ 1,00 mais barato do que a tarifa convencional.

Na prática, a lei permite que sejam cobrados valores mais baixos fora dos horários de pico, como forma de estimular o uso do transporte público. Os valores com desconto serão aplicados em dois intervalos do dia: das 9h às 11h e das 14h às 16h.

A medida foi sancionada nesta quinta-feira (26) pelo prefeito Rafael Greca (DEM). Ele explicou que a iniciativa é uma experiência para ver se a cobrança diferenciada não afeta do equilíbrio financeiro do sistema.

“Temos que fazer isso com muita cautela porque vivemos num país onde o petróleo sobe e os preços também. A ideia é buscar o melhor dentro das limitações contratuais”, pontuou.

A tarifa reduzida será implantada em 17 linhas, sendo 14 convencionais e três alimentadoras. Juntas, elas transportam, segundo a prefeitura, 80 mil pessoas por dia.

Confira as linhas com tarifa reduzida a R$ 3,50 em horários alternativos:

– Linhas convencionais:

  • Ahú/Los Angeles
  • Juvevê/Água Verde
  • Detran/Vicente Machado
  • Lindóia
  • Dom Ático
  • Novo Mundo
  • Vila Sandra
  • São Braz
  • São Bernardo

– Linhas alimentadoras:

  • Solar
  • São João
  • Tingui

Conforme o prefeito, o critério escolhido levou em consideração as linhas que melhor atendem a ligação dos bairros com o Centro.

“Escolhemos as linhas tradicionais e antigas. Se a população passar a usar o serviço, isso será estendido a outras linhas. E também aos centros das 10 regionais de Curitiba. A ideia é fazer linhas alimentadoras de vizinhança para todas as regionais”, explicou Greca.

O presidente da Urbs (Urbanização de Curitiba) Ogeny Pedro Maia Neto, destacou que a aplicação da tarifa reduzida será gradativa a partir do dia 16 de outubro.

“Não dá pra fazer todas de uma vez. Precisamos conversar com as empresas e criar a estrutura para isso [ampliação da tarifa diferenciada]”, argumentou.

De acordo com Maia Neto, a tarifa diferenciada só será válida para o pagamento com cartão transporte, e nos pontos convencionais fora dos terminais.

Além da tarifa reduzida, também foi anunciada a criação de uma linha de vizinhança, que liga Santa Rita, Carbomafra, Vitória Régia, Vila Verde ao Terminal da Cidade Industrial. A ideia é que, no futuro, ela seja ampliada ao Terminal do Tatuquara e Rio Bonito.

No início do mês, a Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba) anunciou um projeto piloto para aplicação de tarifa diferenciada de R$ 3,90 na linha Pinhais/Guadalupe. O desconto vale nos intervalos entre 9h e 11h; 14h e 16h; e 20h e 00h.

Publicidade

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Curitiba

Dois bandidos são mortos em confronto com a PM na Linha Verde, em Curitiba

Tiroteio aconteceu na altura do Pinheirinho.

Publicado

em

Foto: Colaboração / WhatsApp

Um confronto entre policiais e criminosos terminou com dois bandidos mortos no fim da manhã desta terça-feira (12) na Linha Verde, altura do Pinheirinho, em Curitiba.

Segundo informações iniciais, os bandidos estavam em um carro roubado, e não respeitaram a ordem de parada do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da Polícia Militar (PM)

Eles estariam armados, conforme informou a PM, e teriam disparado contra a viatura.

No revide, os indivíduos acabaram sendo atingidos e morreram no local. O Siate foi acionado, mas nada pode ser feito.

Foto: CIC Alerta

Leia Mais

Curitiba

Menino de 12 anos mata vizinha a facadas e diz que se inspirou em jogo

Criança disse aos policiais que ‘queria ver como era matar alguém’.

Publicado

em

Foto: Reprodução

Um adolescente de 12 anos foi apreendido depois de entrar na casa da vizinha, uma senhora de 65 anos, e matá-la com três facadas pelas costas. O crime aconteceu na madrugada de sexta-feira (18) no bairro Cajuru, em Curitiba.

A vítima chegou a ser socorrida ao Hospital Cajuru, mas não resistiu e morreu logo em seguida. A vítima era conhecida da família do garoto, que sempre estava visitando a casa da idosa. O garoto disse ter se inspirado em no jogo eletrônico Free Fire para cometer o crime.

O menino fugiu logo após o crime, mas foi encontrado pela mãe, que o levou para casa e acionou a Polícia Militar (PM). A criança ainda contou que o objetivo era fazer igual ele via nos jogos: “Queria ver como é matar alguém”.

DETIDO

O menino foi levado para a Delegacia do Adolescente. Lá ele foi ouvido pela promotora e deve ser encaminhado ao Centro de Socioeducação (Cense). Ele pode ficar até três anos detidos pelo crime de homicídio.

Leia Mais

Curitiba

Mulher é morta na frente do filho de 4 anos na região de Curitiba

Criança foi deixada sozinha dentro do carro; Corpo da mulher foi desovado

Publicado

em

Uma cena chocante em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, na noite desta quarta-feira (16). Um menino de 4 anos estava sozinho dentro de um Renault Kwid branco, atolado no meio de um matagal na beira de um rio, às margens da rua Rotterdan, limite com Piraquara. O corpo da mãe dele, Beatriz Stefanichan de Almeida Santos, de 25 anos, foi encontrado boiando dentro da água, vítima de um assassinato.

O subtenente Valdir, do Batalhão de Polícia de Guarda, explicou que a situação entrou à Polícia Militar (PM) depois que um casal teria visto a mulher machucada dentro do carro.

“A situação começou no fim da tarde, como se fosse um sequestro de um carro. Posteriormente, o veículo foi localizado neste local onde está agora. A criança foi resgatada e a mulher não, mas havia muito sangue no carro. Dentro do rio, então, encontramos o corpo submerso”, descreveu.

A criança foi resgatada pela Força Nacional e entregue aos avós, de acordo com o investigador Sérgio Klaar, da Polícia Civil de Piraquara. “O menino estava dentro do carro, sozinho, e a Força Nacional chegou. Posteriormente, encontramos o corpo da mãe boiando dentro da água”, descreveu.

O investigador ainda explicou que o latrocínio (roubo seguido de morte) é uma hipótese, mas não a única linha de investigação. “Ainda estamos caminhando na investigação. Não dá para descartar nenhuma hipótese. Pelo o que conseguimos constatar, houve luta corporal dentro do carro. Apenas a perícia vai dizer a arma usada pelo assassino”, disse.

O corpo da mulher foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).

Com informações da Banda B

Leia Mais
Publicidade

Curta o 24Horas