Servidores aproximavam câmeras de segurança para ver mulheres na praia em Guaratuba

Leia também:

Londrina vira assunto no Twitter por relatos de violência sexual entre jovens e adolescentes

Elas chamam a atenção para casos de violência e abusos, e pedem por Justiça.

Incêndio de grandes proporções destrói antigo hotel no Centro de Curitiba

Prédio ficou completamente destruído e tinha risco de desabar.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

PARANAGUÁ – Funcionários da Prefeitura de Guaratuba, no litoral do estado, direcionavam o foco das câmeras de monitoramento da cidade para ver mulheres na praia, de acordo com a assessoria do município.

Conforme a prefeitura, outros funcionários do setor de monitoramento assistiram os vídeos enquanto procuravam por imagens de um adolescente que desapareceu depois de entrar no mar. Wellington Bruno Kluger Moreira, 13, desapareceu em Guaratuba no último dia 16; Dois dias depois, o corpo dele foi encontrado no mar de Matinhos, também no litoral paranaense.

Familiares contaram que o garoto estava na praia, com a irmã e o cunhado, quando saiu para comprar sorvete e não voltou mais. O último lugar que o adolescente foi visto foi nas escadarias do Morro do Cristo, tradicional ponto turístico em Guaratuba.

IMAGENS

Foto: Reprodução

Os vídeos gravados pelos servidores exibem movimentos de câmera direcionados para as frequentadoras da praia. Atualmente, cerca de 20 servidores são responsáveis pelo manuseio e acompanhamento das câmeras em Guaratuba.

As imagens foram captadas por pelo menos 10 câmeras que monitoram a Praia Central e outros três pontos da cidade. A Procuradoria-Geral de Guaratuba informou que vai pedir investigação sobre a atitude dos funcionários públicos que fizeram os vídeos.

Fique ligado:

- Publicidade -