fbpx
PUBLICIDADE
Londrina

Avó de bebê encontrado morto em berço, é presa em Porecatu

Polícia suspeita que a avó tenha negado atendimento médico ao bebê que apresentava um quadro grave de virose

Foi presa na madrugada deste sábado (18), Michele Penteado Rodrigues de 39 anos, a avó do bebê Wyllan Henrique Penteado Rodrigues, de 1 ano e 7 meses, encontrado morto em um berço, na cidade de Porecatu, região metropolitana de Londrina. A mulher é acusada de omissão de socorro, o que teria causado a morte do neto.

De acordo com o Instituto Médico Legal, externamente a criança não apresenta sinais de agressão. A Polícia Civil de Porecatu suspeita que Wyllan apresentava um quadro grave de virose, mas a avó não se preocupou em levar o neto para atendimento médico. Michele é formada em farmácia e bioquímica.

Segundo a polícia, a local onde o bebê foi encontrado, uma casa de alto padrão, estava muito suja. Havia uma grande quantidade de lixo por todos os lados, incluindo roupas sujas, larvas e resto de alimentos em decomposição ao lado do berço de Wyllan.

Populares que tentaram invadir a casa da mulher, revoltados com a morte suspeita do bebê, disseram que a mãe da criança, uma adolescente de 17 anos, havia deixado ele aos cuidados da avó, enquanto viajava a trabalho.

Para a polícia, Michele contou que havia colocado o neto para dormir como de costume, por volta das 22h30 na noite de quinta-feira (16), e só percebeu que algo havia acontecido já na tarde de sexta-feira (17), quando acordou por volta das 15h. Notando que a criança também não havia acordado, a avó foi até o berço, onde encontrou o neto morto.

Ainda segundo a polícia, quando as autoridade foram acionada pela avó, o corpo do menino estava muito sujo, o que indica que Wyllan não recebia cuidados básicos de higiene, e já apresentava sinais de putrefação, demonstrando que a avó demorou muito para pedir ajuda.

O corpo de Wyllan foi encaminhado ao IML de Londrina e a Polícia Civil investiga o caso. A avó está presa na 31ª Delegacia Regional de Porecatu.

Leia também

Botão Voltar ao topo
Fechar