Londrina e regiãoPolícia

Diretora do HU encontrada morta pode ter cometido suicídio para não ser presa

Ela estaria envolvida em esquema de desvios milionários do hospital.

LONDRINA – A Polícia Civil vê indícios entre a morte da ex-diretora do Hospital Universitário de Londrina (HU) Lucélia Pires Ferreira, 55, e o esquema de desvios milionários da instituição, que foi alvo de operação nesta terça-feira (12).

Lucélia é quem seria a responsável por operar o esquema que lesou o hospital em mais de R$ 1 milhão. Em 3 de outubro de 2018, ela foi dada como desaparecida logo após deixar a nora no trabalho, no camelódromo da Zona Sul. Naquela manhã, ela tinha uma reunião no HU, onde estava sendo esperada.

Na tarde de 4 de outubro, Lucélia foi encontrada morta em um rio entre Porecatu e Alvorada do Sul, na Região Metropolitana de Londrina. Na ocasião, o carro dela, um Citroen Air Cross, foi encontrado na ponte que passa sobre o rio.

LEIA TAMBÉM>

Um laudo do Instituto Médico-Legal (IML) de Londrina aponta a causa da morte da ex-diretora como provocada por afogamento. Todos os pertences dela estavam no interior do automóvel, fato que levou a polícia descartar possibilidade de latrocínio (roubo seguido de morte).

Em entrevista à imprensa nesta terça-feira (11), o delegado Alan Flore confirmou que há indícios da relação entre o esquema criminoso e a morte da mulher. “O que precisa ser observado é se ela tirou a própria vida ou foi morta. As circunstâncias são suspeitas e precisam de apuração”, observou Flore, que coordena a operação ‘Espelho Falso’, como foi batizada.

O ESQUEMA

A investigação da Polícia Civil apura desvios na ordem de R$ 1 milhão do Hospital Universitário. O trabalho investigatório teve início em outubro de 2018, por meio de denúncias do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). A ex-diretora faleceu no mesmo mês, antes de depor sobre o esquema. A mulher era suspeita de fraudar processos de licitação para contratação de serviços médicos por meio de empresas terceirizadas, gerando pagamentos indevidos.

O esquema também teria participação de familiares dela.

LEIA TAMBÉM>

Publicidade
DEIXE SEU COMENTÁRIO!

AGORA NO 24H:

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios