fbpx
PUBLICIDADE
LondrinaNotícias
URGENTE
Tendência

Paciente morre dentro de unidade de saúde em Londrina

Corpo dele foi encontrado no banheiro da UBS Leonor

Um homem de 55 anos morreu dentro do banheiro da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Leonor, na zona oeste de Londrina, logo após ser atendido. Gilmar Almbinda Brito chegou ao posto por volta das 18h30 e foi atendido cerca de uma hora depois, às 19h30.

Segundo funcionários, ele disse estar com mal estar, reclamava de dores pelo corpo. Ele foi submetido a uma série de exames na unidade e recebeu medicação.

Conforme descrito no prontuário de atendimento, enquanto uma equipe de enfermeiros se preparava para realizar um eletrocardiograma, o paciente conseguiu sair da sala em um momento de distração e não foi mais visto pelos profissionais da UBS. A direção do posto disse que os enfermeiros foram atender uma ligação do Samu, e foi neste momento que o homem saiu da sala de exames.

Os funcionários chegaram a procurá-lo em outros setores da unidade, mas não o encontraram. Por volta das 22h40, a equipe de enfermagem registrou na ficha médica que o paciente havia se evadido da unidade de saúde.

Foto: Derick Fernandes / 24Horas

ENCONTRADO DEPOIS DE DUAS HORAS

Segundo testemunhas que aguardavam atendimento médico no momento da situação, o homem chegou a se urinar pouco antes de entrar no banheiro, e não sair mais.

Já por volta de 00h30, outros pacientes que estavam na recepção informaram que a porta do banheiro estava trancada há algum tempo. Os funcionários do posto foram informados e precisaram arrombá-la para forçar a abertura, e encontraram o paciente já em óbito.

A Acesf foi acionada logo em seguida e levou o corpo ao Instituto Médico-Legal (IML).

No local, a reportagem do 24Horas apurou que o homem portava documentos, mas nenhum parente dele havia sido localizado até às 2h00 para ser comunicado sobre o falecimento do paciente.

NOTA OFICIAL

A Secretaria Municipal de Saúde de Londrina lamentou a morte na UBS Leonor. Em nota, a secretaria informou que o paciente era hipertenso e fumante com doença pulmonar obstrutiva crônica.

Um processo interno será aberto para apurar se a conduta da equipe médica seguiu os padrões e protocolos vigentes de urgência e emergência.


ATUALIZADA ÀS 9H45 > Anteriormente, o 24Horas havia informado que o paciente chegou às 20h e foi atendido meia hora depois. A informação foi atualizada pela Secretaria de Saúde de Londrina na manhã desta terça (30) e corrigida na reportagem em seguida. O paciente também não havia sido liberado, como o 24Horas informou anteriormente.

Leia também

Botão Voltar ao topo
Fechar