fbpx
SIGA O 24H

Londrina e região

Saul Elkind é interditada para obras no terminal Vivi Xavier

Previsão é que as obras sejam concluídas em 11 meses.

Publicado

em

Foto: Divulgação / CMTU

Uma das principais avenidas de Londrina, a Saul Elkind, será interditada na manhã deste domingo (23) para início das operações do terminal improvisado, que funcionará como alternativa durante as obras de reconstrução do novo terminal Vivi Xavier.

O trecho bloqueado está entre as ruas Lindalva Silva Basseto e Salim Sahão, no sentido Vivi x Cincão. A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) montou uma estrutura provisória que permanecerá instalada enquanto as obras avançam. O trecho também foi sinalizado para que motoristas se orientem sobre as mudanças; Agentes da CMTU também auxiliam no trânsito.

A Lindalva Silva Basseto será de sentido único no trecho entre a Saul Elkind e a Avenida das Torres, que deve absorver o fluxo de veículos que desvia do bloqueio.

OBRAS

O Terminal Vivi Xavier, um dos principais da cidade, será demolido para reconstrução. Os passageiros serão atendidos na estrutura improvisada pela CMTU. Wilson de Jesus, diretor de transportes da companhia, informou que as vias da região foram sinalizadas com lombadas, cavaletes, cones e tachões.

Perspectiva de como deve ficar o novo terminal Vivi Xavier – Foto: Divulgação / IPPUL

Segundo ele, o terminal temporário deve ficar na Saul Elkind pelos próximos 11 meses, tempo previsto para a conclusão das obras. Diversos pontos de ônibus foram instalados na calçada, e serão as plataformas de embarque e desembarque improvisadas. O entorno foi cercado com grades, e o acesso ao local será feito por uma roleta.  A cabina do cobrador e os sanitários foram instalados dentro de contêineres.

A CMTU pediu para que os usuários tenham paciência nesse período. A companhia disse que vai reforçar a segurança no local para bem estar dos passageiros.

Publicidade
Publicidade

Curta o 24Horas

EM 24HORAS >