SIGA O 24H

Maringá

Mãe rejeita o próprio filho após parto em Maringá

O Conselho Tutelar de Maringá está acompanhado o caso.

Publicado

em

Ela não estava acompanhando o pré-natal e não tinha a previsão exata para o nascimento do bebê. A criança nasceu de parto normal e foi encaminhada para o Hospital Universitário de Maringá, para avaliação médica.

A mulher de 34 anos, entrou em trabalho de parto ainda na UPA – Unidade de Pronto Atendimento, que fica na Zona Sul de Maringá, deu à luz a um menino e rejeitou a criança logo em seguida. Ela não teve o nome revelado, mas disse aos enfermeiros que não iria ficar com o recém-nascido.

O Conselho Tutelar esteve no local e conversou com a mulher que confirmou que não iria ficar com a bebê. “A mãe está consciente do que fala, bem lúcida e afirma que não deseja ficar com a criança. Se ela não for ficar com o filho vamos levá-lo para uma família cuidadora até que a criança seja adotada” – disse o conselheiro tutelar Carlos Bonfim que acompanha o caso.

A criança passa bem e a mãe deve ter alta neste sábado (30).

Publicidade
Publicidade

Curta o 24Horas

EM 24HORAS >