Empresários fazem buzinaço pedindo reabertura do comércio em Maringá

Objetivo é pressionar prefeito a revogar decreto.

Leia também:

Governo do Paraná decide manter comércio fechado por mais dez dias

Cidades do Oeste foram na contramão das decisões do governador.

Estados Unidos aprovam tratamento promissor contra o coronavírus

Tratamento usará sangue de quem já foi curado da doença.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas

Dezenas de empresários participaram na tarde desta quinta-feira (26) de um buzinaço que percorreu as principais ruas e avenidas de Maringá, com a intenção de pressionar o prefeito Ulisses Maia a revogar o decreto que mantém o comércio da cidade fechado por 30 dias.

Mais de 100 carros partiram do Estádio Willie Davids na carreata. O pedido é para que o comércio seja autorizado a abrir imediatamente. A prefeitura disse que iria manter as restrições pelo prazo determinado.

Maringá foi a primeira cidade do Paraná a decretar o fechamento do comércio. A cidade, segundo a secretaria municipal de saúde, tem 4 casos confirmados de coronavírus. Nesta quarta-feira (25) uma mulher morreu com suspeita da doença em Sarandi, na região metropolitana de Maringá.

Veja o vídeo:

ACIM REPUDIOU PREFEITO

A medida de fechar o comércio por 30 dias não foi discutida com os empresários e motivou uma nota de repúdio da Associação Comercial e Industrial de Maringá (ACIM). A nota circulou por todos os setores da sociedade maringaense.

A prefeitura, junto com o decreto, também determinou multa entre R$ 300 e R$ 5 mil para quem descumprisse a medida.

Assine nossa Newsletter

Receba diariamente as principais notícias do Paraná e do Brasil.

Comentários

#Face24H

- Publicidade -