TRF4 decide a favor da Econorte e pedágio volta a ser cobrado em Jacarezinho

Leia também:

Londrina vira assunto no Twitter por relatos de violência sexual entre jovens e adolescentes

Elas chamam a atenção para casos de violência e abusos, e pedem por Justiça.

Aumento dos casos de coronavírus em Londrina leva MP a pedir novo fechamento do comércio

Promotoria diz que cidade não segue recomendações científicas.

Guardas Municipais são indiciados pela morte de adolescente de 16 anos em Londrina

Crime aconteceu em outubro de 2019 no Jardim Bandeirantes.
Redaçãohttps://www.24horas.com.br
Reportagens da Redação 24Horas
- Publicidade -

LONDRINA – Justiça Federal, através do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), derrubou a liminar que determinava a suspensão da cobrança do pedágio na praça de Jacarezinho, e o retorno dos valores praticados anteriormente nas praças de Sertaneja e Jataizinho, no norte do Paraná.

Portanto, a partir da meia noite desta quinta-feira (06), a Econorte deve retomar a operação e os motoristas novamente terão que fazer o pagamento do pedágio mais caro do estado.

A mesma liminar ainda determina um prazo para o processo. A empresa também havia sido obrigada, na decisão da Justiça de Jacarezinho, a iniciar em até 30 dias a construção do Contorno Norte de Londrina. A determinação, porém, também foi derrubada pelo TRF4.

As informações foram publicadas pela Econorte na noite desta terça-feira (04).

Fique ligado:

- Publicidade -