Curitiba e regiãoPolícia

Após ser baleado, policial ainda é atropelado por bandidos

CURITIBA, PR – Um policial militar foi socorrido em estado gravíssimo ao Hospital do Cajuru em Curitiba, após ser baleado e atropelado por bandidos na avenida Silva Jardim, no centro da capital, no fim da tarde deste domingo (10). A ocorrência foi registrada nas proximidades da Rodoferroviária de Curitiba no bairro rebouças.

Os criminosos estavam com um carro roubado e haviam participado do assalto a um posto de combustíveis na região. Segundo informações da corporação, o PM estava deixando a rodoviária a pé, quando viu o veículo Duster ocupado pelos criminosos entrando pela contramão. O agente tentou abordar o automóvel e acabou baleado.

Ao cair no chão, o motorista do Renault Duster ainda passou por cima dele, o atropelando. Antes de fugir, os assaltantes ainda pegaram a arma do policial e conseguiram escapar por dentro de um matagal próximo à linha do trem que cruza o Rebouças.

Uma ambulância do Siate foi acionada para prestar socorro ao policial ferido. Ele perdeu bastante sangue e corria risco de morrer durante o atendimento. O Instituto de Criminalística esteve no local e recolheu estojos de pistola 380 e de ponto 40.

PERSEGUIÇÃO

Uma viatura do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) tentou capturar os bandidos ao visualizar o carro em que os criminosos estavam. Houve perseguição e troca de tiros, e, um dos pneus da viatura, além do para-brisa foram atingidos por disparos. O vidro de trás da Duster também foi estilhaçado no confronto.

O helicóptero da Polícia Militar foi mobilizado para auxiliar na prisão dos marginais. O carro usado no crime foi identificado como sendo de uma empresa de São José dos Pinhais, e que foi roubado no centro de Colombo, na grande Curitiba, por cinco homens armados, que inclusive efetuaram disparos para intimidar o motorista.

Na sequência, aconteceu o assalto ao posto de combustíveis no centro da capital, nas redondezas da rodoviária. Segundo as informações, os bandidos foram violentos e fugiram levando dinheiro e produtos da loja de conveniência.

Uma viatura do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) viu o veículo suspeito e em perseguição houve troca de tiros. O pneu da viatura e o parabrisa foram atingidos pelos disparos dos criminosos. A Duster também teve o vidro traseiro estilhaçado. Um helicóptero da PM foi acionado para procurar os criminosos, que entraram em um matagal às margens da linha do trem. Um dos bandidos está ferido, mas há informações no local de prisão de suspeitos.

A vítima, identificada como sendo o cabo Gulhinski, segue internada em estado grave no Hospital Cajuru. Nesta manhã (11), a informação era de que ele não corria mais riscos.

Foto: Banda B
Assuntos

Relacionados

Close
Close

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios