fbpx
SIGA O 24H

Londrina e região

Ex-policial expulsa usuários de maconha do Zerão e faz sucesso na web

Área de recreação, segundo ele, está dominada por usuários da droga.

Publicado

em

Foto: Reprodução

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um ex-policial militar expulsando usuários de maconha que estavam no Zerão, na região central de Londrina. O vídeo ganhou repercussão e já acumula quase 30 mil visualizações no Youtube.

O ex-policial trata-se de Felipe Juliani, que atuou no batalhão Rotam da 4ª Companhia Independente, que abrange a Zona Norte e parte da Zona Leste de Londrina. Ele pediu baixa da PM para candidata-se a deputado estadual em 2018, e acabou como suplente ao cargo pelo PSL, partido de Bolsonaro.

O objetivo, segundo ele, é acabar com o mau-uso dos espaços públicos, que cada vez mais apresentam situações desse tipo: “É horrível eu ir com minha família no Zerão, e ver aquela cena. É um espaço público, um espaço para a família, e está dominado por usuários de drogas“, disse por telefone ao i24.

Além do vídeo no Zerão, em seu canal, Juliani também mostra outros casos relacionados à segurança pública em Londrina. Em outro vídeo, ele aborda e prende traficantes no pontilhão da Carlos João Strass, na Zona Norte. “Passam a falsa sensação de segurança para nós. Mas a verdade é que Londrina está cheia de biqueiras e pontos de tráfico por toda a cidade“, conclui.

CRÍTICAS E ELOGIOS

Por causa da repercussão do vídeo no Zerão, o policial passou a acumular críticas – de quem desaprova a atitude dele – e elogios de outras pessoas que frequentam o espaço. “As críticas não me abalam, pois partem de maconheiros que assumem o uso da droga. E são eles que financiam o tráfico, uma vez que, maior parte dos homicídios no Brasil está relacionado ao tráfico, e a maconha é a maior fonte de renda dos traficantes“, reforça.

VEJA O VÍDEO:

Publicidade
Publicidade

Curta o 24Horas

EM 24HORAS >