- Publicidade -

Júri popular absolve policiais acusados de matar filho de ex-jogador do LEC em 2004

Leia também:

BRF abre 130 vagas de empregos em Londrina

Do total, 65 vagas serão preenchidas imediatamente.

Caravana de Natal da Coca Cola passa por Londrina e Maringá na semana que vem

Cidades recebem os caminhões enfeitados no dia 13 e 14.

Quem é Jully, menina com câncer que o MC Gui tirou sarro na Disney

Cantora Jojo Toddynho fritou o funkeiro nas redes sociais.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

Os policiais militares Edney Gomes e Rangel Barbosa foram considerados inocentes pela morte do filho do ex-jogador Zequinha, que atuou no Londrina nos anos 80 e 90, em um crime registrado em 2004 na Zona Leste da cidade.

Edney e Rangel foram absolvidos pelo juri popular. O julgamento durou treze horas e acabou no início da madrugada desta quarta-feira (27).

A morte de Rafael Bezerra, que tinha 20 anos na época, aconteceu quando os policiais entraram em uma casa no Conjunto Ernani Moura Lima na procura por ladrões de carros. Na abordagem, tiros foram disparados e atingiram o filho do ex-jogador.

Ex-jogador Zequinha morreu em 2013

Rafael morreu após ficar 40 dias internado. Ele também era jogador e atuava no Sport Lisboa de Portugal, e estava de férias em Londrina.

Os policiais respondiam em liberdade pelo crime de homicídio duplamente qualificado. A Justiça, no entanto, não informou o resultado do juri. Os advogados dos policiais publicaram uma imagem comemorando o resultado.

Os dois soldados seguem lotados na corporação. O Ministério Público pode recorrer da decisão.

 

Assine nossa Newsletter

Receba diariamente as principais notícias do Paraná e do Brasil.

Comentários

#Face24H

- Publicidade -