- Publicidade -
- Publicidade -

Polícia prende quadrilha que incendiou ônibus em Londrina

Leia também:

Homem dado como desaparecido pela esposa estava de férias com amante

Ela contratou um detetive particular para investigar o sumiço.

Caminhão da dupla Bruno e Barreto se envolve em acidente com vítima fatal em SC

Motorista do caminhão é pai do vocalista da dupla.

Menina de 6 anos encontra mãe morta com 25 facadas em Sarandi

Polícia ainda não tem suspeitos do assassinato.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

A Polícia Civil prendeu cinco homens acusados de atear fogo em um ônibus do transporte coletivo de Londrina. As prisões aconteceram nas primeiras horas desta quarta-feira (08).

Sete mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão foram cumpridos. A quinta prisão aconteceu porque foi identificado que o investigado já havia mandado de prisão em aberto.

O ônibus foi incendiado na noite de 15 de fevereiro, no Jardim Bandeirantes (zona oeste). Naquela noite, um casal entrou no veículo, obrigou motorista e passageiros descerem, e atearam fogo no ônibus. A Polícia Civil disse, um dia após o crime, que o ataque foi uma retaliação à morte de um traficante em confronto com a PM.

A operação mobilizou 35 policiais civis e foi batizada de Expresso 308, por conta do nome da linha do veículo incendiado. Os presos responderão pelos crimes de associação criminosa, porte ilegal e por dano a patrimônio público.

Assine nossa Newsletter

Receba diariamente as principais notícias do Paraná e do Brasil.

Comentários

#Face24H

- Publicidade -