- Publicidade -

Preso homem que espancou mulher grávida na Zona Norte de Londrina

Ele disse que cometeu as agressões para se defender.

Leia também:

Brasil cresce 0,6% no terceiro trimestre, diz IBGE

Resultado foi divulgado hoje pelo instituto.

Polícia de SP apreende carro com R$ 54 milhões em multas

Valor das multas daria para comprar 4500 carros do mesmo modelo.

Bolsonaro acusa ator Leonardo DiCaprio por financiar queimadas na Amazônia

Presidente não apresentou provas da acusação.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

A Polícia Civil de Londrina prendeu o homem identificado como Carlos Henrique da Silva, de 23 anos, na tarde desta terça-feira (04).

Ele é acusado de ter agredido a ex-namorada grávida e a mãe dela em uma casa no Jardim Imagawa, na Zona Norte da cidade.

Segundo a polícia, ele foi levado à Delegacia da Mulher e prestou depoimento acompanhado de um advogado. Ele contou à delegada que as vítimas teriam partido para cima dele, e que cometeu as agressões para se defender.

Conforme a Polícia Militar, o desentendimento aconteceu depois que as mulheres encontraram drogas escondidas na casa, e que pertenceriam a ele. A sogra foi espancada com socos no rosto e na barriga, e precisou de atendimento médico.

Já a jovem, que está com sete meses de gestação, teve dois dentes arrancados, sofreu fratura na mandíbula e passou por cirurgia de reconstrução. Ela disse aos socorristas que não sentia os movimentos do bebê, mas exames indicaram que estava tudo bem com a criança.

Assine nossa Newsletter

Receba diariamente as principais notícias do Paraná e do Brasil.

Comentários

#Face24H

- Publicidade -