LONDRINA, PR – Um vigilante foi morto a tiros na noite desta segunda-feira (09) na avenida Francisco Gabriel Arruda, esquina com a avenida Alexandre Santoro (Torres), na zona norte de Londrina. A vítima trata-se de Filipe de Oliveira Castilho, 33 anos. Filipe foi baleado várias vezes e morreu antes da chegada dos socorristas.

Conforme apurado pela reportagem do 24H, os disparos foram efetuados por ocupantes de um veículo Hyundai HB20, que havia sido roubado em Cambé mais cedo, ainda nesta segunda. Outro carro, um Ford Focus, também foi utilizado na ação criminosa; Ambos veículos foram encontrados incendiados em pontos distintos. O HB20 estava em uma rua no jd Porto Seguro, já o Focus foi localizado em uma zona de mata no Heimtal.

VÍDEO > Moradores flagram HB20 incendiado:

Para a polícia, o homicídio tem característica de execução, que é reforçada ainda pelos fatos que sucederam o assassinato, como por exemplo, os criminosos terem incendiado os veículos para eximir eventuais provas.

O corpo de Filipe foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Londrina e o caso será investigado pela Polícia Civil, por meio da divisão de homicídios e proteção à pessoa (DHPP). Ninguém foi preso.

CASO SEMELHANTE

Esse é o segundo crime com características de execução registrado em Londrina em 2018. Em fevereiro, o guarda municipal Leonardo Lopes Camargo Gualberto foi morto a tiros quando trabalhava de vigia de um mercado na zona oeste de Londrina. O veículo usado no crime também foi incendiado, como no caso registrado na noite desta segunda-feira.

LEIA TAMBÉM NO 24H:

1 COMENTÁRIO

  1. Com ctza os crimes tem ligação. É o salve que o PCC tinha dado pra executar dois agentes de segurança pública em Londrina.

Comments are closed.