Alvaro Dias: “Divulgação do vídeo é uma exigência de transparência”

Senador é entusiasta de Sergio Moro.

Leia também:

Londrina vira assunto no Twitter por relatos de violência sexual entre jovens e adolescentes

Elas chamam a atenção para casos de violência e abusos, e pedem por Justiça.

Homem que estava em carro roubado morre em confronto na BR-369 em Cambé

Homem estava armado. Polícia encontrou droga no carro.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

O senador paranaense Alvaro Dias (Podemos) disse que a divulgação do vídeo da reunião ministerial de Bolsonaro, em que Sergio Moro estava presente, passa a ser uma “exigência de transparência”. Alvaro foi candidato a presidência em 2018, mas perdeu logo no primeiro turno com pouco mais de 457 mil votos.

O senador é entusiasta de Sergio Moro e chegou a afirmar em seu programa eleitoral em 2018 que chamaria o então juiz para compor seu ministério da justiça, caso fosse eleito.

Além disso, Dias foi defensor do pacote anti-crime proposto pelo ex-ministro de Bolsonaro.

O mandato de Alvaro Dias no senado deve terminar em 2022.

Fique ligado:

- Publicidade -