- Publicidade -

Deputado quer lei para impedir apreensão de veículos por atraso no IPVA

Leia também:

Jovem de 19 anos morre atropelado na BR-369 em Apucarana

Acidente aconteceu próximo ao monumento do boné, na entrada da cidade.

BRF abre 130 vagas de empregos em Londrina

Do total, 65 vagas serão preenchidas imediatamente.

Caravana de Natal da Coca Cola passa por Londrina e Maringá na semana que vem

Cidades recebem os caminhões enfeitados no dia 13 e 14.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

Um projeto de lei do deputado Boca Aberta Júnior pretende impedir que veículos sejam apreendidos por atraso em pagamento de tributos, como o IPVA por exemplo. A proposta do deputado estadual também veta a cobrança conjunta de débitos para liberar o carro e determina que haja possibilidade de parcelamento da dívida junto ao Detran.

Para ele, quando se apreende um veículo por esses motivos, o estado comete uma inconstitucionalidade, além de arbitrariedade e abuso de poder. A lei ainda precisa ser aprovada e sancionada pelo governador Ratinho Jr. para entrar em vigor.

Boca Aberta Júnior também argumenta que a apreensão do veículo é uma ferramenta de ‘intimidação’ para forçar um cidadão a pagar tributos. Ele compara isso a outras situações: “Seria como expulsar uma família de casa por causa de atraso no IPTU”.

Para o deputado, o correto seria que o estado utilizasse de meios legítimos para efetuar a cobrança do imposto em atraso: “Existem meios formais, como por exemplo, a instauração de um procedimento onde o cidadão tem amplo direito de defesa, e condições de negociar a dívida. Claro, que se mesmo assim continuar inadimplente, aí então o estado inclui o débito na dívida ativa com a União”, finaliza.

Assine nossa Newsletter

Receba diariamente as principais notícias do Paraná e do Brasil.

Comentários

#Face24H

- Publicidade -