Política

Câmara aprova congelamento de alíquota do IPTU para 2019

A matéria contou com a unanimidade de votos favoráveis entre os 16 vereadores presentes no momento da votação

LONDRINA – Foi aprovado na tarde da última terça (4), em sessão ordinária da Câmara Municipal de Londrina, o congelamento da alíquota do IPTU, em 0,6%, para o ano de 2019.

A matéria contou com a unanimidade de votos favoráveis entre os 16 vereadores presentes no momento da votação. Dentre parlamentares ‘faltantes’, Ailton Nantes (PP) e Daniele Ziober (PP) estiveram ausentes durante toda a sessão, por motivos de saúde, enquanto Gérson Araújo (PSDB) deixou o plenário pouco antes da votação, alegando “razões pessoais”.

A matéria contou ainda com uma proposta de emenda, a qual trazia a assinatura de dez vereadores e acabou reprovada durante a mesma de sessão, por falta de maioria qualificada dos votos – foram sete pareceres contrários e oito favoráveis, quando seriam necessários ao menos 13 para seu deferimento.

O texto – que sugeria a redução da alíquota para 0,5% em 2019, mas previa também um crescimento para 0,53% em 2020 e para 0,55% em 2021 – ganhou o apoio dos vereadores Eduardo Tominaga (DEM), Valdir dos Metalúrgicos (SD), Vilson Bittencourt (PSB), Felipe Prochet (PDS), Filipe Barros (PSL), José Roque Neto (PR), Junior Santos Rosa (PSD), Roberto Fu (PDT) e Tio Douglas (PDT), mas não convenceu João Martins (PSL), Péricles Deliberador (PSC), Amauri Cardoso (PSDB), Estevão da Zona Sul (S/P),  Jamil Janene (PP), Guilherme Belinati (PP) e Jairo Tamura (PR).

Publicidade

AGORA NO 24H:

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios