- Publicidade -

Deputado Boca Aberta é acusado de agredir oficial de justiça em Londrina

Leia também:

Papai Noel é preso na Zona Oeste de Londrina acusado de estuprar filha e neta

Abusos contra a filha aconteciam desde que ela tinha 7 anos.

Caravana de Natal da Coca Cola passa por Londrina e Maringá na semana que vem

Cidades recebem os caminhões enfeitados no dia 13 e 14.

BRF abre 130 vagas de empregos em Londrina

Do total, 65 vagas serão preenchidas imediatamente.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

Um oficial de justiça procurou a Polícia Civil para registrar uma queixa de agressão contra o deputado federal Emerson Petriv (PROS), conhecido como Boca Aberta.

Segundo o Boletim de Ocorrência, a agressão teria acontecido na casa do parlamentar, na Zona Norte de Londrina, na manhã da última quarta-feira (20). O oficial representou contra Boca Aberta pelos crimes de desacato e injúria.

O oficial contou à polícia, que foi até a casa do deputado para entregar uma intimação a ele, mas que o deputado teria se recusado a receber o documento e ainda o empurrou contra o próprio veículo. Adelino Correa também relatou que Boca Aberta cuspiu no rosto dele e o deferiu palavras de baixo calão.

Procurado pelo 24Horas, Boca Aberta negou as acusações e disse que, quem as praticou teria sido oficial.

Não tem exame de corpo de delito. Cade o exame? Isso é mentira. Ele vai responder por isso e vai ter que provar. O que eu falo eu provo com documento. Ele diz que eu rasguei a intimação; Como posso ter feito isso se eu tenho a intimação? Eu também vou registrar Boletim de Ocorrência contra esse oficial e ele vai ter que provar. Ele xingou minha esposa e meu filho, que é deputado estadual“, disse.

O processo ao qual Boca Aberta foi intimado nesta quarta-feira o convoca para uma audiência em 2020 sobre o caso de agressão entre o deputado e o vereador Amauri Cardoso (PSDB) registrado em março deste ano na Avenida Juscelino Kubitschek.

Segundo o relatório do oficial de Justiça, Boca Aberta se recusou a receber a intimação, mas logo depois, se descontrolou, proferiu as palavras injuriosas, e o agrediu verbalmente e fisicamente – além de gritar palavrões e rasgar em vários pedaços o documento.

Ainda segundo o relatório, o oficial deixou o local para evitar ser linchado por Boca Aberta. O documento com a descrição foi entregue à Vara Criminal de Londrina.

Relatório entregue pelo oficial à Justiça – Reprodução

Assine nossa Newsletter

Receba diariamente as principais notícias do Paraná e do Brasil.

Comentários

#Face24H

- Publicidade -