Política

Justiça bloqueia R$ 425 mil do prefeito de Cornélio Procópio

LONDRINA, PR – Uma decisão judicial bloqueou R$ 425 mil em bens do atual prefeito de Cornélio Procópio, Amin José Hannouche, e também do ex-prefeito Frederico Carlos de Carvalho. A medida atende a um pedido do Ministério Público Estadual, que também pediu que fossem bloqueados os patrimônios de Allysson Kalil Cordeiro e José Leite Cordeiro, ambos sócios da rádio Graúna FM.

O MPE questiona a assinatura, sem licitação, de contratos firmados em 2015, ainda na gestão de Frederico, e em 2017, na gestão de Amin, que deliberam sobre a prestação de serviços da rádio ao município.

A Graúna FM e seus sócios são apontados como beneficiários de ato de improbidade administrativa. Conforme o Ministério Público, os contratos não tinham os requisitos mínimos para a dispensa da licitação. Em defesa, a prefeitura disse que os valores foram usados para cobrir despesas dos artistas, que não teriam cobrado cachê para se apresentar na cidade.

No processo que investiga o caso, o MPE pede a condenação dos réus e a suspensão dos direitos políticos dos envolvidos. A justiça ainda solicita a nulidade dos contratos entre a prefeitura de Cornélio Procópio e a rádio, além da devolução dos valores aplicados.

Assuntos

Relacionados

Close
Close

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios